Como analisar o momento certo de investir em imóveis?

5 minutos
|01/07/2019
Como analisar o momento certo de investir em imóveis?
Investimento Imobiliário

Neste artigo, saiba mais sobre como analisar o momento certo de investir em imóveis. Acompanhe a seguir.

Afinal, por que investir em imóveis é um bom negócio?

Conforme dados, uma a cada quatro pessoas deseja comprar imóveis para investir. Isso porque o mercado imobiliário reúne três atributos essenciais para caracterizar um bom investimento. São eles:

Liquidez

Quando falamos em liquidez, trata-se da facilidade ou da dificuldade de converter um ativo em dinheiro vivo. No caso do imóvel, rapidamente é possível vender ou alugar e garantir o dinheiro em mãos seja à vista ou em parcelas.

Rentabilidade

Um investimento com boa rentabilidade é aquele que oferece uma valorização do capital investido bastante acima da inflação. Os imóveis, por exemplo, em boa parte dos casos, são valorizados com o passar dos anos.

Baixo risco

Neste caso, nos referimos às possibilidades de perdas que um determinado investimento pode acarretar. Levando em consideração que moradia é uma necessidade básica do ser humano, o segmento imobiliário resiste até mesmo em tempos de crise.

Ainda, ao investir em imóveis, você também não corre o risco de falir o seu negócio, o máximo que pode acontecer é alugá-lo ou vendê-lo, caso precise do dinheiro imediatamente, por um valor menor.

Qual é o momento certo para investir em imóveis?

Ainda que em menores proporções o mercado imobiliário também apresente períodos de instabilidade, apesar dessas transições gerarem insegurança, é importante ter o feeling para fazer uma análise crítica, certeira e racional do cenário imobiliário.

Em determinados momentos, como a atual situação do Brasil, é importante estudar o cenário antes de investir. Mas não se intimide, como diz o ditado: “em tempos de crise, uns choram, outros vendem lenços”.

Veja, a seguir, algumas dicas para avaliar se este é realmente o momento certo para começar a investir em imóveis.

1. Oportunidade de negócios

Períodos de instabilidade sempre existiram e continuarão existindo e, como investidor, a missão é saber usá-los a seu favor. Atualmente o Brasil passa por um período delicado economicamente e com transições políticas, por isso, de modo geral, o mercado está cedendo, abdicando de parte do seu lucro e abaixando os preços para conseguir lucrar com o volume de vendas.

Isso significa que se você tem o investimento em mãos, vale a pena estudar propostas e procurar por negócios que estão abaixo do preço. Assim, daqui a alguns anos você poderá alugar ou até mesmo vender esse imóvel por preços melhores e mais compatíveis com o mercado.

2. Queda da taxa Selic

Usada como um instrumento para controlar a inflação no país, a Selic refere-se a uma taxa básica de juros do Brasil, feita pelo Banco Central. A projeção para a taxa cai de 7% para 6,5% em 2019.

3. Juros mais baixos

Com a queda da Selic, os juros também caem consideravelmente. Os principais bancos do país anunciaram uma nova redução das taxas de juros cobradas no crédito para pessoas físicas e empresas.

4. Finalidade do imóvel

Antes de comprar um imóvel, é importante ter em mente o que você pretende fazer com ele. Em casos de moradia, será necessário considerar as necessidades e as vontades das pessoas que vão ocupá-lo.

Já se a intenção for investir em salas comerciais, por exemplo, é preciso levar em conta o perfil do locatário que irá ocupá-las. Principalmente nos casos em que o imóvel será alugado, é importante pensar como o inquilino para ser assertivo ao investir.

5. Compre e alugue

Levando em consideração que a Selic caiu de 14,25% para 6,5% ao ano e a queda da taxa básica de juros também, comprar um imóvel para ganhar com aluguel é uma boa opção. Para entender se você está fazendo um bom negócio, é preciso avaliar o custo de oportunidade, comparando o valor pago por uma aplicação de renda fixa tradicional com o valor do aluguel.

6. Apartamentos compactos e colivings

O consumidor moderno tem mudados seus hábitos, inclusive na hora de alugar ou comprar um imóvel. Por isso, investir em apartamentos compactos e bem localizados é um grande diferencial competitivo que pode trazer bom retorno financeiro.

Modelos de moradia que remetem à economia compartilhada, como o coliving, também têm sido muito procurado, o que significa que vale a pena pensar também na experiência e no dia a dia do seu cliente na hora de fechar um negócio, estando atento às tendências do mercado e às mudanças comportamentais da sociedade.

Se a ideia é investir em algo seguro e que apresente boas perspectivas de retorno, investir em imóveis é uma ótima alternativa. Para ser bem-sucedido, é preciso estudar as melhores propostas e definir seus objetivos como investidor imobiliário.

E para ajudá-lo a tomar a melhor decisão, não deixe de conferir nosso artigo com x sinais que mostram que o mercado imobiliário está pronto para o novo investidor!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp