6 formas de diversificar os investimentos imobiliários

5 minutos
|07/02/2019
6 formas de diversificar os investimentos imobiliários
Investimento Imobiliário

Grandes investidores, como Warren Buffett, aplicam a diversificação em sua carteira de investimentos, visto essa ação ser fundamental para ter sucesso nessa empreitada, já que, independentemente da opção em questão, qualquer investimento envolve riscos inerentes. E a diversificação é uma forma de se lidar e reduzir tais riscos.

Entre as diversas opções de investimentos para diversificar a carteira, as trazidas pelo segmento imobiliário são reconhecidas como de baixo risco, seguras e lucrativas.

Para ajudá-lo a definir sua estratégia de diversificação, apresentaremos neste artigo algumas opções para diversificar os investimentos imobiliários. Acompanhe a seguir.

Por que é importante diversificar os investimentos?

Há diversos motivos para o investidor de qualquer perfil buscar formas rentáveis de diversificar seus investimentos. Entre eles, podemos destacar:

  • Diversificar investimentos possibilita a diluição de risco de uma carteira de investimentos.
  • Comumente, a diversificação representa maximização de resultados.
  • Essa é uma estratégia que ajuda a gerar equilíbrio em uma carteira de investimentos.
  • A diversificação é uma forma de se precaver contra imprevistos e a volatilidade dos mercados.
  • Ela ajuda o empreendedor a proteger seu patrimônio em diferentes ciclos econômicos.
  • Diversificar os investimentos possibilita melhores rentabilidades, conforme as opções de ganhos a curto e longo prazo.
  • Essa técnica possibilita que o investidor tenha opções de ações emergenciais de retirada no caso de alguma urgência financeira, diferentemente do que ocorre quando se tem todo o capital investido somente em uma aplicação e ela não oferece liquidez imediata.

6 possibilidades para diversificar os investimentos imobiliários

Na hora de investir no segmento imobiliário para diversificar sua carteira, há alternativas como:

1. Lotes e terrenos

Esse tipo de investimento costuma apresentar valor atrativo e, sendo bem-feito, esses imóveis podem gerar boa lucratividade com a venda posterior. Para isso, é muito importante pesquisar a fundo o potencial de valorização, o nível de segurança do bairro, as características físicas do terreno, entre outros atributos.

2. Apartamentos para locação

A procura por apartamentos para locação é uma constante em nossa sociedade, portanto, esse tipo de investimento costuma representar segurança na carteira e rentabilidade ao investidor.

Para isso, é preciso investir em um imóvel bem localizado, em bom estado de conservação, em condomínio qualificado e com áreas de uso comum atrativas, entre outros pontos que podem fazer seu investimento ser ainda mais certeiro.

Ficar de olho nas tendências do setor, como os apartamentos compactos, que estão alinhados a novos padrões e valores de nossa sociedade, é outra maneira de encontrar o imóvel ideal para fazer o melhor investimento.

3. Cota em fundos de investimento imobiliário

Outra boa opção para diversificar os investimentos é adquirir cota de um fundo de investimento imobiliário e receber rendimentos mensais a partir dele. Essa opção é bastante prática, já que os fundos são administrados por uma empresa terceira, o que poupa tempo do investidor. Além disso, há cotas em fundos de diversos valores, tornando esse tipo de investimento bastante acessível.

4. Imóveis na planta

Também é possível comprar um imóvel ainda em construção e negociá-lo por um maior valor após a entrega das chaves. No entanto, essa opção pode envolver riscos maiores e maior envolvimento do investidor no acompanhamento da obra e na captação de clientes.

5. Títulos de crédito imobiliário

Tratam-se de títulos de renda fixa lançados por instituições financeiras, lastreados em créditos imobiliários. Por meio deles, o investidor “empresta” seu dinheiro para o banco, que aplica a quantia para financiar a construção e aquisição de imóveis para outras pessoas. O lucro é gerado através de juros que a instituição repassará na forma de rendimento ao investidor.

6. P2P imobiliário

Semelhante à alternativa anterior, porém de investimento mais facilitado e menos burocrático. O investimento P2P (peer-to-peer lending) está conquistando cada vez mais adeptos por não envolver instituições bancárias e seus tradicionais – e muitas vezes – morosos processos administrativos.

Dependendo do projeto em questão, a rentabilidade desse tipo de investimento é muito atrativa e vantajosa, mesmo a partir de quantias de investimento menores.

Diversifique seus investimentos com a Vitacon

A Vitacon é uma empresa sólida, com diversos cases de sucesso e credibilidade no mercado. Se você está buscando diversificar sua carteira, é importante contar com um parceiro que transmita segurança e apresente boas opções de investimentos. E a Vitacon está aqui para isso.

Você poderá diversificar os investimentos por meio de compra de apartamentos compactos e studios para aluguel, cotas em fundos imobiliários e P2P lending – por meio de parceria com a CapRate e a linha de aplicações CDB do Banco Topázio e com possibilidade de investimento a partir de mil reais.

No caso dos imóveis, a Vitacon oferece ainda um serviço de gestão do investimento, por meio do Housi, serviço próprio de locação da Vitacon e de gestão de seu apartamento – tudo 100% online e sem demandar maior envolvimento do investidor com a rotina de administração e de captação e gestão de inquilinos de seu imóvel.

E então, pronto para diversificar seus investimentos imobiliários? Faça contato com nossos especialistas e conheça mais sobre as vantagens de investir nos projetos a Vitacon.

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp