ON Blog

Seja bem-vindo
ao Blog da Vitacon

Fale Conosco
  • Whatsapp
    11 97534 6551
  • Chat
    Online Agora
  • Telefone
    11 3588 4101

Antecipando o impacto da tecnologia na vida das cidades do futuro

Economia colaborativa • 04/02/2020 • min. Antecipando o impacto da tecnologia na vida das cidades do futuro

Com isso, as cidades do futuro precisarão ser flexíveis, otimizadas e adaptáveis, fazendo mais com cada vez menos espaço disponível e mais pessoas para acomodar. E tudo isso sem aumentar sua pegada urbana. 

Tecnologias emergentes e em amadurecimento, como Internet das Coisas (IoT), nuvem, inteligência artificial, análise de Big Data, automação e robótica deverão se tornar parte integrante do desenvolvimento das inteligentes cidades do futuro.

Ficou curioso sobre como isso irá funcionar? Então, descubra mais sobre como a tecnologia está fortemente relacionada à vida das cidades do futuro no artigo de hoje!

O impacto da tecnologia na qualidade de vida das cidades do futuro

A qualidade de vida apresenta muitas dimensões, incluindo desde o ar que os moradores das cidades respiram até o quão seguro eles se sentem andando nas ruas. E, em diversos aspectos, a tecnologia poderá impactar positivamente na qualidade de vida das cidades do futuro.

Um relatório do McKinsey Global Institute (MGI), após análise feita sobre aplicativos e seu potencial para melhorar nossa rotina, concluiu que o uso desses recursos poderá melhorar até 30% alguns indicadores-chave da qualidade de vida - números que se traduzem em vidas salvas, deslocamentos mais curtos e menor emissão de carbono, por exemplo.

Tecnologia e a segurança nas cidades do futuro

A tecnologia, cada vez mais, deverá também ser aplicada para ajudar no combate ao crime e para melhorar diversos aspectos da segurança pública.

Ainda conforme projeção do McKinsey Global Institute, a tecnologia pode ajudar já hoje a reduzir fatalidades (como homicídios e acidentes rodoviários) em até 10%. Já incidentes como assalto e roubo podem ser reduzidos em até 40%. 

Isso, em um cenário de futuro ideal, deverá ajudar a criar um ambiente urbano mais confiável e seguro para a circulação das pessoas, por meio de recursos como:

  • Mapeamento de crimes em tempo real.
  • Policiamento preditivo.
  • Aplicativos de detecção de tiros.
  • Vigilância inteligente.
  • Policiamento orientado a dados.
  • Sofisticados sistemas de vigilância doméstica.
  • Entre outros.

Tecnologia, transporte e mobilidade nas cidades do futuro

Na Revolução Industrial, o transporte foi revolucionado por estradas, tráfego fluvial, barcos a vapor, canais e ferrovias. Nas cidades do futuro, a revolução deverá ser com sistemas de transporte integrados, novas tecnologias de entrega e drones, biocombustíveis, veículos sem motorista e elétricos, plataformas de compartilhamento e mobilidade como serviço, entre outros recursos.

Ainda, o uso de sinalização digital e de aplicativos para fornecer informações em tempo real sobre atrasos permitirá que os passageiros ajustem facilmente suas rotas em tempo real. A instalação de sensores IoT na infraestrutura física existente ajudará as empresas a resolverem problemas antes que se transformem em avarias e atrasos no transporte.

Outra tecnologia que deverá impactar nesse segmento é a sincronização inteligente de sinais de trânsito que, além de outros benefícios, poderá reduzir o tempo de deslocamento médio demandado nas grandes cidades. 

Conforme estudo feito pela McKinsey e pela Bloomberg New Energy Finance, o futuro da mobilidade urbana passa por quatro grandes tendências: eletrificação, autonomia, conectividade e compartilhamento. E tudo isso passa, também, pelo uso e o desenvolvimento de tecnologias de base.

Exemplos de locais que estão antecipando o impacto (e os benefícios) da tecnologia na vida das pessoas 

Ao investir em melhoria de qualidade de vida, as cidades inteligentes poderão ser lugares onde as pessoas irão querer passar mais tempo. E isso já está começando a ser visto em diversas localidades.

A cidade de Barcelona, por exemplo, adotou tecnologias inteligentes implementando uma rede de fibra ótica em toda a cidade, fornecendo Wi-Fi gratuito de alta velocidade que suporta a Internet das Coisas (IoT). Ainda, ao integrar a gestão inteligente de água, iluminação e estacionamento, Barcelona economizou € 75 milhões em fundos da cidade e criou 47.000 novos empregos no setor de tecnologia inteligente.

Por sua vez, a Holanda está testando o uso de infraestrutura baseada na IoT em Amsterdã, onde o fluxo de tráfego, o uso de energia e a segurança pública são monitorados e ajustados com base em dados em tempo real. Enquanto isso, nos Estados Unidos, grandes cidades como Boston e Baltimore implantaram latas de lixo inteligentes que retransmitem o quão cheias estão e determinam a rota mais eficiente para os trabalhadores fazerem a coleta do lixo.

Como vimos, as cidades do futuro estão baseadas em um uso humanizado, inteligente e estratégico da tecnologia para ajudar a melhorar a vida das pessoas. De modo geral, a tecnologia exercerá um impacto crucial sobretudo para o desenvolvimento de:

  • Ambiente inteligente: minimizando a pegada ecológica de uma cidade.
  • Vida inteligente: melhorando a qualidade de vida nas cidades do futuro.
  • Economia inteligente: aumentando a competitividade da cidade.
  • Mobilidade inteligente: criando opções de mobilidade novas e sustentáveis ??na cidade.
  • Governo e governança inteligentes: promovendo a participação dos cidadãos e aumentando a transparência no setor público.
  • "Pessoas inteligentes": preservando e aumentando o capital humano de uma cidade, ajudando as pessoas a desenvolverem o seu potencial e promovendo e estimulando sua participação na vida social e na comunidade.

E você, como imagina que será o impacto da tecnologia na vida das cidades do futuro? Deixe sua mensagem nos comentários.

Relacionados