8 tendências de jardins internos para ver e se encantar

5 minutos
|24/09/2019
8 tendências de jardins internos para ver e se encantar
Decoração

Jardins internos: mais vida para a decoração

Existem tendências de decoração que desaparecem com o tempo, outras são repaginadas e algumas delas são atemporais – como é o caso dos jardins internos.

Além da beleza, o jardim interno pode trazer inúmeros benefícios ao imóvel, tais como separar ambientes, aumentar a entrada de luz natural, melhorar a ventilação, reduzir a umidade, entre outros.

O seu cantinho verde, pode ser composto por diferentes flores e plantações que podem ser inseridas estrategicamente em salas, cozinhas, quartos, varandas, corredores residenciais ou onde você achar que as plantas cairiam bem.

Quem mora em apartamento compacto não precisa se preocupar, os jardins podem ser implementados mesmo em ambientes reduzidos. Com as inovações na arquitetura, é possível adaptar a decoração de acordo com as necessidades e espaços disponíveis no ambiente.

Apesar de necessitar de manutenção periódica, esse processo é facilitado com alternativas diferenciadas como a inserção das plantações em corredores, as portas e janelas de vidro, divisórias, etc.

É importante também que os moradores se preocupem com a higiene, rega e adubagem das plantas para mantê-las saudáveis e também para valorizar a decoração.

Outros benefícios de plantas em casa:

  • Estimulam a criatividade e produtividade.
  • Ajudam na concentração.
  • Diminuem o estresse.
  • Umidificam o ambiente e limpam o ar.
  • Possuem poderes curativos.
  • Estimulam energia.

Dicas e tendências de jardins internos

Veja, agora, algumas inspirações para criar um jardim interno.

1. Valorizando sala e a porta de entrada

As pessoas geralmente se preocupam muito com a aparência da sala de jantar e estar. Isso porque, comumente, passamos muito tempo nesses ambientes, recebemos pessoas especiais neles, etc. Então, vale a pena investir no visual da sua sala.

Se a sala não comporta um jardim interno convencional, é possível usar a criatividade! Que tal criar uma sala em meio a um jardim de inverno? A iluminação zenital (abertura no teto) ou uma ampla janela de vidro permitem uma bela entrada de luz. Se não for possível plantar no solo, aposte em vasos de plantas e espalhe-os estrategicamente no ambiente. As paredes também dão um charme especial, utilize suportes para vasos menores e outros objetos decorativos para compor o ambiente, otimizando-o e enchendo-o de charme!

2. Reutilizando móveis antigos

A dica aqui é não só aproveitar pequenos espaços, como também utilizar móveis que estão sem objetivo ornamental definido. Armários de metal ou de outros materiais podem servir de estante para as plantas. Para complementar, vale apostar em vasos antigos e em espécies diferentes. A estética industrial aliada ao estilo vintage está em alta e o efeito dessa combinação fica muito moderno.

3. Criando um jardim vertical

Também conhecido como parede verde, o jardim vertical é uma ótima ideia para quem quer apostar nos jardins internos em apartamentos. Independentemente do tamanho, formato ou altura do seu jardim, é importante criar um espaço que seja coerente com os tipos de planta que você escolheu.

Na hora de montar, vale usar a imaginação, optando por vasos que formam grandes painéis,mesclando plantas e quadros, prateleiras, pallet, etc.

4. Apostando em plantas suspensas

Neste caso, é preciso se preocupar com a atmosfera do ambiente. Além da utilização de plantas suspensas, usar mesas e outros móveis de madeira garante a sensação de fazer parte, efetivamente, de um jardim de inverno. O efeito transformará o ambiente, tornando-o muito mais aconchegante!

5. Utilizando plantas embaixo da escada

Se o seu apê é um duplex e tem espaço sobrando embaixo da escada, esse é o cenário perfeito! Você pode fechar a região ou deixá-la aberta, apenas diferenciando o piso. Além de reaproveitamento de espaço, o ambiente fica lindo e sofisticado.

6. Criando um local de convivência

Antes de montar o seu jardim interno, pense que ele pode ser também um local de convivência. Um espaço para receber os amigos, ler, ouvir música, meditar e praticar outros hobbies que você tenha. Assim, será mais fácil escolher as plantas e móveis para darem forma ao seu jardim.

7. Aproveitando o espaço em varandas fechadas

Se a varanda da sua casa é fechada, isso também não é um problema. Samambaias, trepadeiras, antúrios e bromélias se desenvolvem bem em meia sombra e são perfeitas para um jardim coberto.

8. Aproveitando o hall

Alguns apartamentos possuem hall – de entrada, em frente ao lavabo, próximo aos quartos, etc. Esse espaço pode ser aproveitado para construção de um jardim interno. Ao invés de deixar apenas o piso, instale um mini jardim. Não se esqueça dos suportes no chão para que você consiga caminhar.

Usar a criatividade, avaliar o ambiente e escolher as plantas certas são os segredos para jardins internos bonitos, saudáveis e elegantes, que valorizem seus ambientes!

O que você achou dessas tendências de jardins internos? Pensa em criar esse espaço em seu imóvel? Deixe sua mensagem nos comentários.

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp