8 pontos a analisar antes de escolher apartamento coliving

5 minutos
|19/08/2019
8 pontos a analisar antes de escolher apartamento coliving
Millennial Trends

Você está em busca de uma opção mais moderna, prática e sustentável para morar, e se deparou com os empreendimentos de apartamento coliving? De fato, eles estão entre as tendências que mais vão impactar o mercado imobiliário nos próximos anos.

No entanto, antes de aderir à ideia, é importante conhecer bem a proposta, a fim de ter certeza de que morar em apartamento coliving é a solução ideal para você.

Descubra mais a seguir!

8 pontos importantes para avaliar antes de optar por apartamento coliving

1. Os princípios do coliving estão alinhados aos seus?

Por se tratar de um movimento amplo e com abrangência mundial, há um manifesto, criado pela <u>Coliving.org</u>, com os principais fundamentos desse movimento. São eles:

  • Comunidade em harmonia e equilíbrio com a individualidade.
  • Aproximação de pessoas e troca de experiências.
  • Consumo pensado na colaboração.
  • Projeção compartilhada de moradias.
  • Economia de recursos naturais.
  • Divisão de decisões e tarefas.

O que você acha desses princípios? Eles combinam com a sua visão de mundo? Se sim, morar em apartamento coliving será uma boa ideia!

2. Você está interessado em trocar experiências e fazer novas amizades?

Como vimos, a troca de experiências é algo fundamental na proposta do coliving. Assim, antes de escolher apartamento coliving, pare e pense: você acha positivo e está interessado em interagir com seus vizinhos, aprender com eles, fazer novas amizades?

Lembre-se, esses ambientes são pensados para preservar a privacidade dos moradores, mas também para estimular encontros, conversas, trocas, interações e senso de comunidade. Isso é algo que você está buscando no seu dia a dia?

3. Quanto espaço privativo você realmente precisa?

É importante saber: comumente, o apartamento coliving apresenta área privativa mais compacta do que o encontrado em imóveis tradicionais.

Por isso, é importante avaliar quanto das suas atividades realmente precisam ser feitas privativamente. Ainda, deve-se ter em mente que, mesmo muitos dos espaços compartilhados podem ser reservados para uso – um salão de festas, por exemplo -, o que, de qualquer modo, garantirá privacidade nos momentos desejados.

4. O conceito de sustentabilidade é importante para você?

Os prédios de apartamento coliving estão alinhados com o conceito de sustentabilidade em sua essência. Isso porque, ao compartilhar objetos e espaços, o seu tempo de vida é otimizado e você desenvolve uma visão mais consciente de utilização.

Ainda, muitos desses empreendimentos contam com hortas para plantação de orgânicos, paredes verdes, iniciativas para uso mais sustentável da energia elétrica e da água, entre outras soluções.

Essas questões são importantes para você? Você se preocupa em reduzir o impacto ambiental gerado por suas ações? Em caso positivo, o apartamento coliving poderá ser um ótimo match!

5. O que você acha mais importante: localização ou m²?

Dada a realidade do mercado imobiliário, é cada vez mais comum ter que estabelecer prioridades na hora de buscar um imóvel. Normalmente, o m² em um bairro bem localizado é mais caro do que o de uma região mais afastada, sem boa acessibilidade.

Nesse contexto, os empreendimentos modernos de apartamento coliving comumente são lançados em bairros valorizados, de fácil acesso, com transporte, opções de lazer, trabalho e estudo bem próximas.

Então, nessa hora, é preciso pensar: para você é mais importante morar em um espaço privativo amplo, mas, talvez, em local menos favorável, ou morar em uma localização privilegiada no formato coliving?

6. Você tem interesse em fazer parte da economia compartilhada?

economia compartilhada é uma das grandes tendências do momento! Em linhas gerais, ela se refere ao uso ou à compra compartilhada de bens e serviços – dessa forma, permite que as pessoas não abram mão de nada importante em seu dia a dia ou estilo de vida.

Os serviços de compartilhamento de transporte são um exemplo disso. Ao utilizá-los, não se deixa de lado o conforto em um deslocamento mais longo, proporcionado pelo automóvel, mas não há o direito de posse desse bem, somente de uso.

No apartamento coliving, esse conceito é aplicado às áreas e aos objetos de uso comum. Portanto, antes de escolher esse tipo de empreendimento, avalie o que você acha da economia compartilhada e se tem interesse em fazer parte desse movimento.

7. O que é preciso para otimizar seu tempo na nova residência?

Dificilmente, há alguém que consiga fazer tudo que gostaria nas 24 horas do dia, abrangendo atividades profissionais, de estudo, lazer e sociais. É o seu caso? Então, enquanto estiver pensando em sua nova moradia, pense, também, em como ela poderá ajudá-lo a otimizar seu tempo!

Por exemplo, para quem trabalha em um grande centro de negócios, morar perto ajudaria a “economizar” bons minutos, ou mesmo horas de trânsito, certo? E para quem é freelancer, morar em um prédio que ofereça ambiente de coworking seria vantajoso, não é mesmo?

Liste tudo aquilo que é prioritário e que ajudaria a fazer seu tempo render melhor, e avalie se um empreendimento com apartamento coliving poderia ajudá-lo nessa melhoria de qualidade de vida.

8. Qual é o seu conceito de morar bem?

Para alguns, morar bem é viver em um apartamento super espaçoso, enquanto que, para outros, é ter serviços como academia e lavanderia entre as facilidades do prédio, e também há aqueles que prefiram morar em uma região central, próximo de tudo.

Avalie qual é o seu conceito de morar bem e veja se um apartamento coliving se encaixa nele.

E então, o que achou da ideia de morar em apartamento coliving? Está interessado nessa proposta moderna de moradia? Para saber, na prática, como é um empreendimento coliving, conheça o VN Consolação

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp