Como escolher os melhores imóveis para investir?

6 minutos
|17/06/2019
Como escolher os melhores imóveis para investir?
Investimento Imobiliário

Um bom investimento requer muito estudo e avaliação antes da assinatura do contrato. Com o mercado imobiliário isso não é diferente, portanto, se você está em busca dos melhores imóveis para investir, é preciso se atentar a determinados pontos que podem ditar os rumos para o seu sucesso como investidor ou prejuízo.

O valor do investimento em um imóvel não é dos mais baixos se comparado a outros negócios, porém trata-se de um dos segmentos mais confiáveis e seguros do mercado. Por isso, antes de dar um passo à frente e fechar a negociação, é necessário se preocupar com todos os detalhes.

A dica, nesse caso, é fazer um cronograma de planejamento com todas as etapas que você vai precisar se envolver antes de fechar o negócio. E a primeira fase consiste em pesquisas de campo, pela internet, telefonemas, consultorias com profissionais especializados e até conversas informais com amigos e outros investidores.

Para se prevenir contra problemas futuros, também é aconselhável registrar todas as despesas, possíveis e reais, e reservar uma verba para imprevistos que podem vir a acontecer ao longo dos anos.

Para ajudá-lo a saber como encontrar os melhores imóveis para investir, neste artigo, apresentaremos algumas dicas que devem ser avaliadas na etapa de planejamento. Seguindo corretamente todos os passos, as chances de risco são muito mais baixas e, consequentemente, a possibilidade de lucrar aumenta. Acompanhe!

O que avaliar para escolher os melhores imóveis para investir?

Entre os principais fatores a serem analisados, estão:

1. Delimite precisamente o valor disponível para o investimento

Quanto você está disposto a injetar nesse investimento? Tendo um teto limite, ficará mais fácil direcionar a sua busca por imóvel. É extremamente importante limitar um valor máximo para que o seu orçamento nem as suas finanças sejam prejudicadas.

2. Avalie as opções e não aja apenas por feeling

O período de busca pelos melhores imóveis para investir pode não ser tão curto, afinal trata-se de um investimento expressivo e, por isso, precisa ser estudado detalhadamente. Nunca feche negócio logo de cara ou apenas por feeling, mesmo que tenha gostado do empreendimento.

Avalie outras opções, compare preços, formas de pagamento, potencial de valorização, faça negociações e opte pelo custo-benefício mais atrativo para você.

3. Conheça a construtora

Como estamos falando de um bem extremamente valioso, como um imóvel, é necessário ter muita atenção e cuidado na hora de escolher a construtora responsável pela realização do empreendimento.

Avalie o histórico, a saúde financeira, visite outros imóveis construídos, converse com compradores, leia toda a documentação do seu contrato e se previna contra possíveis futuros problemas.

4. Avalie bem a localização do imóvel

Este deve ser um dos fatores primordiais na hora de fazer a sua escolha, afinal, propriedades bem localizadas possuem muito mais potencial de valorização. Para ser assertivo, confira a região, as vias de acesso, os serviços ao redor, a segurança e a possibilidade de crescimento do bairro.

Lembre-se de que a localização é um ponto cada vez mais prioritário para as pessoas que estão em busca de um aproveitamento melhor de seu tempo, o que inclui morar próximo a centros, ao comércio, a opções de transporte e de lazer, etc.

5. Considere imóveis seminovos

Se a ideia é encontrar os melhores imóveis para investir, vale a pena considerar, também, empreendimentos seminovos na sua busca – mas que não sejam antigos demais, demandando grandes reformas.

Imóveis mais baratos e simples possuem, muitas vezes, um potencial de valorização superior ao dos luxuosos e dos empreendimentos de maior porte. Nesse caso, vale a pena reformá-los, pensando nas necessidades do usuário moderno.

6. Avalie com cuidado as condições dos imóveis

Vale lembrar que imóveis mais antigos podem demandar grandes investimentos com reparos e afins. Outra questão é que as necessidades modernas são bem diferentes do que era prioridade em outra época.

Por isso, apesar de o investimento, muitas vezes, ser mais em conta, a reforma e a manutenção de imóveis mais antigos podem acabar saindo mais caro do que o previsto, além de ser mais difícil encontrar um comprador ou inquilino.

Os imóveis novos não devem fugir da avaliação, visto ser mais aderentes ao perfil atual de quem está buscando um espaço para locação ou compra. Ainda assim, tudo deve ser avaliado, inclusive a segurança da construção.

7. Pense como o comprador/inquilino

Para que você tenha sucesso futuramente na venda ou no aluguel do seu imóvel, é preciso pensar nas necessidades do seu público-alvo. Por exemplo, se você vai investir em um apartamento residencial, pense onde as famílias gostariam de morar, o que elas precisam para o seu dia a dia, qual a metragem ideal, etc.

Pesquisar estudos de mercado e conhecer tendências também são ações importantes para isso. Esse conhecimento o fará compreender qual tipo de imóvel tem mais aderência e potencial de valorizar no futuro.

Se o seu investimento for em salas comerciais, pense na melhor disposição, avalie a estrutura ao redor, etc. Tomando os devidos cuidados e dedicando sua atenção para pontos-chave, será muito mais fácil fechar negócio e lucrar com o seu investimento.

Portanto, se você está em busca dos melhores imóveis para investir, não tenha pressa. Afinal, como já diz o antigo ditado, “a pressa é inimiga da perfeição”. E, quando falamos em investimento, não podemos dar margem ao erro ou à precipitação.

Continue acompanhando o nosso blog e fique por dentro de todas as dicas para se tornar um investidor bem-sucedido. E para iniciar sua jornada para escolher os melhores imóveis para investir, confira nosso infográfico apresentando os atrativos de investir em apartamentos compactos.

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp