Por que sua casa influencia na produtividade?

6 minutos
|14/08/2019
Por que sua casa influencia na produtividade?
Millennial Trends

Pensar então nesse aspecto é sinônimo de desenvolvimento de ambientes mais inspiradores, produtivos e que levam em conta o bem-estar dos moradores. Interessante, não é mesmo?

Confira, neste artigo, algumas razões pelas quais a organização da sua casa faz diferença na sua rotina diária e na sua produtividade. Acompanhe a seguir.

Qual é nosso nível de produtividade?

Quando o assunto é produtividade, o Brasil está longe ser referência. Na competição com outros 18 países, aparecemos em penúltimos no ranking. E se você quer fazer a diferença e passar longe da estatística, saiba que a mudança de hábitos deve começar dentro da sua própria casa.

Se aparecer na lanterna do ranking já é preocupante, imagina saber que éramos mais produtivos em 1994 do que atualmente! Isso significa que, se por um lado os avanços tecnológicos nos fizeram evoluir, por outro, eles nos tornaram reféns, já que eles são os principais responsáveis por não realizarmos nossas tarefas diárias.

Ainda, nossa organização e gestão do tempo também são fatores que precisam ser constantemente revistos. E isso inclui a influência de nossa casa em nossa produtividade.

Como nossa casa influencia na produtividade?

1. Ela ajuda a organizar nossa rotina

Uma casa organizada é sinônimo de uma rotina organizada – e vice-versa. Mesmo que você não trabalhe em casa, esse é o local no qual passa boa parte de seu tempo e que, consequentemente, exerce influência direta sobre suas ações. Quando se vive em um ambiente onde tudo está em ordem, fica mais fácil executar tarefas e obter bons resultados. Lembre-se de que o meio é capaz de transformar as pessoas e instigar novos comportamentos.

2. Nosso lar nos inspira

A sua casa está organizada conforme as suas necessidades e características, por isso, deve refletir exatamente aquilo que lhe agrada e faz bem. Estando em um ambiente assim, fica muito mais fácil deixar a inspiração à flor da pele.

O lar deve ser um local que traz boas energias e nos remete a boas lembranças: uma mistura de sentimentos positivos para dias mais leves e produtivos. E é por isso que, inclusive, cada vez mais são adotadas alternativas que instiguem a imaginação, como a psicodinâmica das cores.

3. Nossa casa transmite conforto para sermos produtivos

O bem-estar é um dos fatores mais analisados quando o assunto é produtividade, visto que precisamos estar confortáveis para sermos produtivos. A casa em que vivemos é o maior exemplo disso e deve proporcionar momentos de tranquilidade e aconchego. O conforto deixa a mente aberta, pronta para receber novas informações e produzir com maior eficácia.

 4. Nosso lar nos motiva (ou desmotiva)

A motivação é um dos principais pontos que levam ao engajamento, resultando na produtividade. Por isso, outra questão que também deve estar diretamente relacionada ao seu ambiente de moradia.

O local que você vive e como você o percebe tem total influência sobre a sua motivação para encarar os desafios diários. Quando se está bem em seu contexto, fica mais fácil transmitir esse sentimento às suas atitudes.

O que você deve ou não fazer para ser mais produtivo em casa?

1. Não continue na cama depois de o alarme tocar

Produtividade logo pela manhã, sim! Nada de procrastinar, nem para levantar da cama. A diferença começa já no primeiro ato do seu dia.

2. Organize a sua casa

Há quem diga que se encontra em sua própria bagunça, mas o fato é que um ambiente organizado auxilia a favorecer a boa produtividade. Ter as coisas sempre à mão, também contribui para otimizar o seu tempo.

3. Desligue o que lhe faça perder o foco

Boa parte das pessoas não consegue executar suas tarefas com interferências de televisão, música, conversas e outros barulhos externos. Por isso, seja para trabalhar, estudar ou executar outras tarefas pessoais em casa, elimine tudo o que lhe tira o foco e a concentração.

4. Estipule horários para utilizar o celular

Em média, o brasileiro passa cerca de 4 horas no celular. Se o seu dia está corrido, esse tempo perdido acessando a internet, olhando as redes sociais, e-mails, etc. pode acabar lhe prejudicando. A nossa dica nesse caso é silenciar as notificações e estipular horários para utilizar seu smartphone.

5. Planeje seu dia de acordo com a sua produtividade

Você é mais produtivo pela manhã, tarde ou à noite? Deixe para executar suas principais tarefas no horário em que você é mais ágil e mais focado. Faça seus próprios horários e crie uma rotina personalizada.

6. Faça pausas

Apesar da correria do dia a dia, é importante fazer pausas entre as atividades. Assim, você recarrega as energias e consegue desenvolver um trabalho melhor. Tome um café, respire ar puro, medite, brinque com seu pet, se alimente, se hidrate…. Em suas pausas, faça aquilo que lhe traga bem-estar.

7. Estabeleça um horário de trabalho

Se você trabalha em casa, apesar da flexibilidade, é importante estabelecer uma rotina. Crie horários de trabalho, assim, você se compromete com as entregas e também não usa o seu horário de descanso para resolver assuntos profissionais.

8. Peça colaboração aos seus familiares

A convivência em família exige respeito e bom senso. Se você está trabalhando e executando uma tarefa importante, combine com seus familiares que eles respeitem esse momento, não lhe interrompam, não falem alto, não recebam visitas, etc.

9. Evite misturar o tempo de trabalho com o tempo para assuntos pessoais

Quando se trabalha em casa, é comum que assuntos relacionados ao mercado, à escola das crianças, entre outros, se misturem à pauta de trabalho. Isso reduz sua produtividade tanto na esfera pessoal quanto na profissional e pode trazer mais estresse para sua rotina.

Portanto, estabeleça períodos para lidar com cada questão, evitando ser multitarefa e misturar atividades pessoais e de trabalho.

10. Avalie morar em um prédio coliving

Se você ainda não conhece esse novo conceito de moradia, trata-se de uma oferta imobiliária que favorece o compartilhamento, o senso de comunidade, a interação. Além da troca de experiências, boa localização, modernidade e benefícios financeiros, morar em prédio coliving, muitas vezes, pode ser a resposta ideal para estruturar e desenvolver projetos de coworking.

Isso porque, alguns desses empreendimentos contam com espaço de coworking para seus moradores. Assim, você continuará trabalhando “em casa”, isso é, sem sair do prédio, mas em um ambiente mais produtivo e inspirador.

Pronto para colocar essas dicas em prática? Como sua casa tem influência positiva ou negativa em sua produtividade? Deixe sua mensagem nos comentários!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp