Aquilo que mais consome o tempo tem lhe valido a pena?

6 minutos
|10/10/2019
Aquilo que mais consome o tempo tem lhe valido a pena?
Millennial Trends

O modo de vida nas cidades se transformou nas últimas décadas, pendendo cada vez mais para um modelo acelerado de realização de tarefas em sequência que consome o tempo e a saúde da população. Os habitantes lidam com uma rotina corrida, em que possuem compromisso atrás de compromisso e acabam por passar a maior parte dos seus dias realizando trabalhos profissionais ou afazeres de casa.

A principal consequência do modelo de vida vigente é a escassez de momentos de descanso e lazer, que são substituídos pelo trabalho que consome o tempo e a saúde da população. Para combater a crescente frustração e o stress gerados por conta disso, novas soluções vêm sendo procuradas para aumentar a qualidade de vida e o conforto dos habitantes da cidade.

Confira a seguir como o modelo de vida atual consome o tempo da população, os problemas envolvidos neste tema e as soluções propostas para reverter este quadro e alavancar o nível de satisfação dos moradores da cidade.

Como a dinâmica da vida moderna consome o tempo

O modelo de vida moderna na cidade é baseado na agitação dos compromissos diários e na imersão em atividades sequenciais. Somos levados pela rotina acelerada que consome o tempo e deixa sobrar apenas alguns momentos para serem dedicados ao lazer e qualidade de vida diariamente.

A vida dos habitantes da cidade costuma ser resumida a um ciclo de trabalho e tarefas domésticas que é repetido diariamente, intercalado por longos deslocamentos de casa até o local de serviço. Em cidades de grande porte, é comum encontrar pessoas que gastam várias horas do seu dia no trânsito, somente para chegar aos locais que precisa frequentar. Assim, é fácil afirmar que a forma de relação com o trabalho e com o espaço urbano são os principais motivos pela diminuição na qualidade de vida da população.

A busca por soluções de qualidade de vida

Todos estes hábitos comuns na vida moderna dos habitantes das cidades têm cada vez mais se transformado em um grande problema de saúde pública, em que a correria do dia a dia gera altos níveis de stress na população e consome o tempo que deveria ser dedicado ao descanso e lazer.

Por conta disso, cada vez mais vêm sendo procuradas soluções que possam se adequar ao modelo de vida atual, entendendo as necessidades das pessoas e oferecendo melhorias nos aspectos que podem ser alterados. Não é possível deixar de trabalhar, por exemplo. Mas é viável reduzir o tempo gasto com os deslocamentos para o local de serviço, assim como facilitar a resolução de tarefas comuns diárias.

O conceito de uma nova forma de vida ao alcance

Desta busca por solucionar o modelo de vida moderna atual, que consome o tempo dos habitantes com tarefas infindáveis e reserva pouco espaço para atividades agradáveis, foi apresentado o conceito de uma nova forma de vida para a cidade. Este novo modelo de vida, presente em todos os empreendimentos da Vitacon, é uma proposta que visa facilitar a realização de tarefas diárias comuns e proporcionar aos moradores maior acesso a espaços de qualidade sem ter de sair do complexo habitacional.

Com isso, o próprio empreendimento é projetado de forma a auxiliar seus usuários a aumentarem a eficiência de qualquer tarefa que consome o tempo dos seus dias, diminuindo o tempo gasto com os afazeres domésticos e com os deslocamentos dentro da cidade. Estas iniciativas são capazes de aumentar os períodos de lazer e descanso dos habitantes, melhorando a sua qualidade de vida por terem mais tempo para sua vida privada e acesso mais fácil a áreas funcionais e agradáveis.

Um dos principais pilares deste conceito é uma solução mais prática de divisão dos espaços. As unidades habitacionais destes empreendimentos possuem foco total no descanso e lazer dos seus usuários. As áreas de serviço e cozinha são transformadas em ambientes coletivos, que podem ser utilizados por todos os moradores e são equipados com tecnologia de ponta para facilitar a realização destas tarefas e diminuir o tempo consumido com estas atividades.

Da mesma forma, os empreendimentos contam com áreas colaborativas para trabalho, como salas de coworking e de reuniões, projetadas para atenderem as necessidades dos usuários com o maior conforto possível. Além disso, existem espaços para academia, estar, piscina, playground, pista de corrida, quadras de esportes, praças para contemplação, áreas para animais de estimação e muito mais – todos os espaços pensados de forma a prover áreas de qualidade ao alcance dos moradores.

A tecnologia: de vilã a colaboradora

Uma das principais responsáveis pelo aumento no ritmo de vida é a tecnologia, que não apenas consome o tempo dos seus usuários, mas também criou um novo padrão de velocidade na comunicação e resolução de problemas. A rapidez que a tecnologia proporciona é, no geral, muito positiva para a sociedade. Porém, este novo padrão de velocidade foi sendo cada vez mais aplicado à rotina da população, incitando o aceleramento das tarefas e atropelamento da resolução de problemas de forma sequencial.

No entanto, a tecnologia também tem o potencial de ajudar a reverter esta situação. Cada vez mais estão sendo desenvolvidas ferramentas tecnológicas que visam facilitar a realização de tarefas simples e executar o tipo de atividade repetitiva que consome o tempo de lazer dos habitantes. Assim, um dos pontos mais relevantes destes novos empreendimentos que utilizam um conceito inovador de modelo de vida é a utilização da tecnologia para aumentar o conforto dos seus usuários e realizar várias tarefas por eles.

Desta forma, tanto as unidades privadas quanto os ambientes coletivos são equipados com ferramentas projetadas para tornar o dia a dia dos moradores mais prático, diminuindo o tempo gasto com atividades de limpeza e deslocamento e aumentando a duração dos períodos de descanso e lazer. A tecnologia pode ser utilizada para minimizar o trabalho que consome o tempo dos habitantes e maximizar a qualidade de vida e conforto dos seus usuários.

A sociedade moderna se adaptou a um modelo de vida acelerado e focado nos compromissos e trabalho, reservando pouco tempo dos habitantes para o lazer e para a organização da sua vida pessoal. Para resolver estes problemas e aumentar a qualidade de vida dos moradores da cidade, os novos conceitos de moradia visam apresentar uma nova forma de vida através de soluções inovadoras que facilitam as tarefas diárias e economizam o tempo gasto com tarefas menos produtivas.

E você, já havia pensado em poupar tempo mudando a forma de encarar sua rotina? Se gostou desta ideia e quer entender mais sobre o assunto, confira a seguir nosso próximo post e descubra por que rever as prioridades é fundamental para a qualidade de vida!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp