3 restaurantes de cozinha molecular para conhecer em São Paulo

4 minutos
|12/03/2020
3 restaurantes de cozinha molecular para conhecer em São Paulo
Lifestyle

Espuma sabor morango, sorvete feito em minutos, pratos frios cheios de fumaça, gelatina quente, molhos encapsulados, suco de laranja em bolinhas, géis, gases, bolhas e muitas outras texturas com os mais diversos sabores, capazes de proporcionar sensações únicas ao paladar. A cozinha molecular utiliza técnicas da indústria de alimentos, aliando ciência e gastronomia, para criar pratos futurísticos e oferecer experiências únicas à mesa.

Um dos exemplos mais clássicos desse estilo de gastronomia é a técnica da esferificação, capaz de dar o aspecto de caviar a qualquer líquido – de azeite a suco de maçã – proporcionando uma pequena “explosão” de puro sabor dentro da boca.

Restaurantes e bares que trabalham com essa e outras técnicas inovadoras já podem ser encontrados em diversos países, e em uma cidade com a cena gastronômica agitada e sofisticada como São Paulo não teria como ser diferente. Conheça alguns estabelecimentos que trabalham com o conceito de cozinha molecular e prepare-se para se surpreender.

Como surgiu a cozinha molecular

O termo cozinha molecular (ou gastronomia molecular) começou a ser utilizado no início dos anos 1990, quando as transformações químicas dos alimentos passaram a ser discutidas de forma mais ampla nos “Workshops Internacionais de Gastronomia Física e Molecular”, realizados em Erice (Itália). O evento teve apenas seis edições, entre 1992 e 2004, mas isso foi o suficiente para que a nova forma de cozinhar chegasse a restaurantes de todo o mundo.

A partir daí, surgiram chefs que se tornaram expoentes do estilo, como o espanhol Ferran Adrià, que começou a usar o sifão — até então utilizado na cozinha apenas para fazer chantilly — para criar espumas dos mais diversos sabores. Até 2011, Adrià comandava o restaurante El Bulli na Catalunha, e suas criações influenciaram profissionais das mais diversas nacionalidades, inclusive os brasileiros.

Onde experimentar a cozinha molecular em São Paulo

Evvai

Na casa do jovem e criativo chef Luiz Filipe Souza, o cardápio com inspiração italiana busca explorar elementos de cozinha molecular de forma bem dosada, sem exageros. As texturas e sabores proporcionados pelas transformações físicas e químicas dos alimentos muitas vezes se tornam quase invisíveis para compor pratos da cozinha batizada por ele de Oriundi. As criações do chef já renderam ao Evvai sua primeira estrela no conceituado Guia Michelin. O restaurante fica localizado na Rua Joaquim Antunes 108 no bairro de Pinheiros.

O Burger

O nome pode não parecer o de um restaurante adepto da cozinha molecular, mas para além de hambúrgueres artesanais recheados e dos melhores blends de carnes, O Burger serve seus pratos com apresentações inusitadas, equilibrando sabor e inovação. Os drinks, que também brincam com a ciência para criar texturas e apresentações inovadoras, são uma sensação à parte.

Além disso, o chef Cadú Alves oferece, uma segunda-feira por mês, um menu degustação totalmente focado em cozinha molecular, com cardápio surpresa. Para saber mais, é preciso entrar em contato com o restaurante. O Burger está atualmente em Moema, na Avenida Moaci 806.

LAB Club

O LAB Club é a prova de que é possível ter experiências gastronômicas inovadoras em plena balada. Na agitada Rua Augusta, à 10 minutos do ON Augusta, o clube oferece o melhor da cozinha molecular em seus drinques, utilizando métodos e equipamentos de vanguarda para alterar a estrutura física e química das bebidas, oferecendo novas formas e texturas. O LAB Club está localizado na Rua Augusta 525, próximo à Avenida Paulista.

Quer viver em São Paulo para estar perto do que há de mais inovador na cena gastronômica? A Vitacon tem empreendimentos para todos os gostos. Visite nosso site para conhecer cada um deles e escolha o que mais combina com você.

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp