O que é obsolescência econômica no investimento imobiliário?

5 minutos
|23/10/2019
O que é obsolescência econômica no investimento imobiliário?
Investimento Imobiliário

Apesar de ser uma modalidade de aplicação financeira muito segura, o investimento imobiliário também apresenta alguns riscos que podem configurar problemas para o negócio. A obsolescência é um dos fenômenos que podem gerar dor de cabeça para o investidor, diminuindo a rentabilidade do investimento e afetando o potencial de lucro do proprietário.

É comum falar de objetos e práticas que se tornaram obsoletas, mas este é um termo menos usado no que se refere ao mercado imobiliário. Afinal, o que é a obsolescência econômica para um imóvel? Como uma propriedade pode sofrer desvalorização por causa disso? Que problemas isso pode gerar para o meu investimento imobiliário?

Descubra abaixo o que é a obsolescência econômica no investimento imobiliário e entenda como você pode evitar que os seus negócios sofram com este problema.

O que é a obsolescência?

A obsolescência é a perda de utilidade de um objeto mesmo enquanto ele ainda está em bom estado e funcional. Ela pode ocorrer com itens materiais, imateriais e até mesmo serviços ou práticas, sendo que existem vários fatores que são capazes de induzir a obsolescência.

Este fenômeno costuma ocorrer quando é apresentada uma solução alternativa que pode substituir o objeto inicial, sendo que a reposição passa a ser preferida por oferecer algum tipo de vantagem em relação ao original. Assim, dizer que um item é obsoleto significa que ele está em desuso ou é considerado antiquado, pouco prático e desinteressante. Como consequência, a obsolescência causa a desvalorização do objeto, uma vez que ele deixa de ser atrativo.

Existem vários tipos de obsolescência?

A obsolescência tem sempre o mesmo sentido, mas pode ter várias origens e causas diferentes. Assim, podemos dizer que existem vários “tipos” de obsolescência, de acordo com seu principal agente. As obsolescências mais comuns de ocorrerem em um investimento imobiliário são as seguintes:

Obsolescência econômica: este tipo de obsolescência é a perda de utilidade de um imóvel por causa de fatores financeiros, que podem ser ocasionados por mudanças de demanda de um tipo de propriedade ou alterações na legislação que possam gerar despesas ou maiores custos, por exemplo.

Obsolescência funcional: neste caso, a perda de utilidade se dá através de novos modelos de projeto, lançamento de tendências diferentes, ou mesmo mudanças em exigências legais para o imóvel.

Obsolescência física: na obsolescência física, a propriedade imobiliária perde sua utilidade por problemas na sua estrutura física, como desgaste estrutural, deterioração por uso, envelhecimento natural ou acelerado, e outros problemas materiais que a edificação pode apresentar.

O que é a obsolescência econômica no investimento imobiliário?

Como explicado anteriormente, a obsolescência econômica no investimento imobiliário ocorre quando fatores financeiros tornam o investimento ou utilização de um imóvel desinteressante ou até mesmo impraticável. É possível que ocorra por causa de alterações na legislação que tornam a sua adaptação muito onerosa, assim como o aparecimento de outros tipos de problemas que teriam resolução custosa.

No entanto, a causa mais comum é a mudança de demanda. Quando a procura por um tipo de imóvel cai, a menor demanda uma propriedade assim faz com que seu preço caia significativamente – o que diminui bastante a rentabilidade de um investimento imobiliário. Desta forma, a obsolescência econômica pode ser um grande problema para o investidor.

Como posso evitar que meu imóvel sofra com a obsolescência econômica?

Um passo importante é comprar imóveis que estão de acordo com a legislação vigente. Sempre verifique se a propriedade está liberada para uso e não existem pendências a serem resolvidas, evitando que você tenha mais despesas antes de poder tirar proveito do seu investimento imobiliário.

Outro ponto relevante é analisar a demanda para este tipo de imóvel. Faça uma pesquisa de mercado, veja se existem muitas ou poucas unidades similares disponíveis, assim como se a propriedade é facilmente locada ou vendida.

Se você já possui um imóvel e percebe que ele está tendo dificuldade para atrair interessados, o problema da obsolescência também pode ser resolvido. Analise as tendências do mercado e estude a possibilidade de fazer uma reforma para atualizar a utilização da sua propriedade. Você pode renovar os ambientes para tornar o espaço mais atraente e valorizar o seu investimento imobiliário, ou até mesmo transformar completamente o seu objetivo, mudando o público-alvo e revertendo a situação de obsolescência.

Investir em imóveis modernos e que estão de acordo com as tendências do mercado é uma boa maneira de evitar a obsolescência e garantir o sucesso do seu investimento imobiliário. Conheça a Vitacon, uma empresa especializada no lançamento de empreendimentos inovadores, e confira no nosso site as oportunidades de investimento disponíveis.

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp