Existe um valor mínimo para começar a investir em imóveis?

6 minutos
|20/05/2019
Existe um valor mínimo para começar a investir em imóveis?
Investimento Imobiliário

Você está pensando em investir em imóveis, mas não sabe se possui o capital necessário para iniciar um investimento? Essa é a realidade vivida por muitas pessoas no Brasil. Após entender todos os benefícios de aplicar o dinheiro no mercado imobiliário, surge a grande questão: existe um valor mínimo para começar a investir em imóveis?

Pensando nisso, essas pessoas começam a avaliar suas alternativas: um apartamento na praia, um novo empreendimento em uma área em expansão, apartamentos na planta, imóveis usados que necessitam de reforma, um apartamento na zona universitária, entre várias outras. De acordo com as opções analisadas, os valores podem variar bastante.

Mas e para quem não possui dinheiro para a compra de um imóvel? Será que também é possível investir no mercado imobiliário? Ao longo deste artigo veremos que não existe um valor mínimo para começar a investir em imóveis. Confira.

Mercado imobiliário para todos os investidores

A ideia de que investir em imóveis é apenas para quem tem muito dinheiro está equivocada. Todas as pessoas que possuem uma reserva financeira podem aproveitar todas as oportunidades do mercado imobiliário. A diferença está apenas na forma como isso é colocado em prática.

Você não precisa comprar um apartamento moderno na beira da praia para gerar uma boa rentabilidade. Talvez um pequeno apartamento em um bairro que demonstra crescimento na sua cidade seja capaz de proporcionar uma rentabilidade ainda maior do que um outro imóvel de luxo.

Além disso, também existem opções para as pessoas que não tem o capital necessário para a compra de um imóvel. Através de operações como os fundos de investimentos imobiliários é possível reunir vários investidores com interesse no mercado imobiliário e somar todo o seu capital – criando as condições ideias para iniciar bons investimentos.

Quais são as alternativas de baixo custo no mercado imobiliário?

O que não faltam são boas alternativas de baixo custo para investir em imóveis – criando boas oportunidades para todos os interessados nesse mercado. Veja quais são as principais delas:

  • Imóveis de baixo valor. Para quem busca investir no mercado imobiliário com um baixo valor, é possível focar nos imóveis que apresentam um custo de aquisição menor. Geralmente, esses imóveis possuem uma metragem menor e podem ser encontrados em regiões que ainda não estão tão valorizadas dentro da cidade.
  • Fundos imobiliários. Os fundos imobiliários concentram um grande número de investidores que desejam aplicar o dinheiro em imóveis e são administrados por uma instituição financeira – que gerencia os investimentos. Porém, nesses investimentos, é preciso ficar atento às taxas e tarifas cobradas pelos bancos.
  • Letras de crédito imobiliário (LCI). Trata-se de um investimento em renda fixa privada em que você “empresta” dinheiro para um banco com a finalidade de usar esses recursos em projetos na área imobiliária. Ao resgatar esse valor aplicado, você obtém uma rentabilidade pela aplicação.
  • Cap Rate. A Cap Rate é uma fintech com a proposta de aproximar duas pontas do mercado imobiliário: investidor e incorporador – eliminando os intermediários para gerar uma rentabilidade maior para todos. Dessa forma, você tem acesso a uma rentabilidade superior a encontrada em outros tipos de investimento do mercado financeiro. Logo a seguir falaremos mais sobre essa forma de investimento.

    Qual é o valor mínimo para começar a investir em imóveis?

    Ao contrário do que muitos pensam, você não precisa ter mais de R$ 200 mil parados na sua conta bancária para começar a investir em imóveis. Com uma quantia de apenas R$ 1 mil já é possível colocar em prática aplicações que geram uma boa rentabilidade – acompanhando todos os benefícios do mercado imobiliário.

    A diferença está apenas no valor final recebido pela operação. Um investidor que investe R$ 2 milhões consegue obter uma lucratividade proporcional a esse investimento. Enquanto isso, outro investidor que opta por aplicar R$ 5 mil consegue alcançar um índice de rentabilidade semelhante – mesmo que o montante final seja proporcional ao valor investido.

    Por essa razão, podemos afirmar que o valor mínimo para começar a investir em imóveis varia muito de acordo com o tipo de investimento buscado pelo investidor. Se você quer comprar um imóvel em uma cidade turística, o valor mínimo do investimento será muito maior do que um investimento feito em um bairro popular que está em desenvolvimento.

    Da mesma forma, os investidores que desejam entrar no mercado imobiliário sem lidar com a compra de venda de imóveis conseguem ter acesso a um valor mínimo ainda menor. Com apenas R$ 1 mil você já consegue iniciar um bom investimento no Cap Rate.

    Investimentos de R$ 1 mil na Cap Rate

    Entre todas as possibilidades que abordamos ao longo deste artigo, a Cap Rate possibilita os investimentos imobiliários de valores mais baixos com uma ótima rentabilidade. Ao aplicar R$ 1 mil hoje, seria possível obter um ganho próximo aos R$ 250 em 24 meses.

    Ou seja, estamos falando sobre um investimento que gera uma rentabilidade superior à poupança e CDI – com todo o potencial de qualquer outro investimento imobiliário. Além de permitir investimentos de baixo valor, você também não precisa se preocupar com toda a burocracia envolvida na compra e venda de imóveis.

    Você possui apenas R$ 10 mil para investir e não está disposto a recorrer a um financiamento para comprar um imóvel? Basta fazer uma aplicação na Cap Rate para alcançar ganhos que se aproximam dos R$ 2,5 mil em um prazo de 24 meses. A possibilidade de personalizar o investimento de acordo com as suas condições financeiras permite que você aproveite da melhor forma possível as oportunidades do mercado imobiliário.

    E então, você já sabia qual é o valor mínimo para começar a investir em imóveis? Quer conhecer melhor sobre o funcionamento do Cap Rate Vitacon? Então, confira o nosso infográfico, e até a próxima!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp