Como se constitui o preço do metro quadrado em uma região?

7 minutos
|03/06/2019
Como se constitui o preço do metro quadrado em uma região?
Investimento Imobiliário

Quem já teve algum contato com o mundo do investimento em imóveis sabe que a medida padrão para comparação de valores dentro do mercado imobiliário é o preço do metro quadrado. Esta medida é utilizada não apenas para analisar o custo de imóveis específicos, mas também é uma boa forma de comparar a valorização de áreas da cidade e permite a distinção de valor entre tipos de imóveis diferentes.

Assim, quem pretende investir no mercado imobiliário deve estar atento ao preço do metro quadrado em diferentes regiões da cidade, pois estarão refletindo o grau de valorização de cada área. Com isso, é possível identificar os melhores bairros para investir de acordo com os seus objetivos e preferências como investidor.

No entanto, é importante, também, entender como funciona o processo de valorização dos imóveis em regiões diferentes. São vários critérios a serem analisados, e que podem influenciar na subida ou na queda do preço de imóveis semelhantes, apenas por estarem localizados em pontos diversos da cidade.

Confira, a seguir, os principais aspectos que você pode observar para compreender como se constitui o preço do metro quadrado em uma região, e garanta a melhor escolha para fazer investimentos lucrativos e de sucesso.

Como se constitui o preço do metro quadrado em uma região?

Os pontos de interesse da região

As cidades possuem diversos pontos de interesse espalhados por seu território, que influenciam diretamente o preço do metro quadrado dos imóveis ao seu redor. Os pontos de interesse são áreas ou empreendimentos que possuem atrativos à população, gerando tráfego de empresas e pessoas no seu entorno.

É interessante notar também que para tipos de imóveis diferentes também podem existir atrativos divergentes a serem explorados pelos investidores. Para imóveis residenciais, os clientes procuram locais próximos a serviços que vão utilizar – como supermercados, academias ou áreas de lazer, por exemplo. Assim, imóveis habitacionais próximos deste tipo de local podem se beneficiar deste diferencial na valorização do seu preço.

Da mesma forma, imóveis comerciais também podem se beneficiar da sua proximidade com pontos de interesse relacionados à sua utilização. Lojas próximas a centros comerciais ou shopping centers poderão se favorecer do movimento de pessoas que é atraído pelos serviços lá oferecidos, assim como consultórios e farmácias podem se beneficiar da proximidade com um hospital.

As diferenças de localização

Outro aspecto a se observar em um imóvel é a própria localização dele dentro da área escolhida. Enquanto bairros e regiões da cidade podem ter níveis de valorização diferentes, é possível encontrar variação de preços dentro de um mesmo bairro. Em uma mesma área, os imóveis mais próximos das vias principais ou dos pontos de interesse mais relevantes do local terão preços mais altos do que os que se localizam nas ruas laterais ou mais distantes dos atrativos do bairro.

Desta forma, existem várias possibilidades que um investidor pode explorar de acordo com os seus objetivos com o investimento. Você pode assegurar o sucesso do seu investimento mesmo em um bairro menos valorizado escolhendo um imóvel localizado em uma rua de grande movimento da cidade, por exemplo, assim como pode diminuir o valor de aplicação optando por um imóvel situado em uma rua lateral em uma área de alta valorização.

A questão da segurança

O nível de segurança de cada bairro também tem influenciado profundamente a valorização e o preço do metro quadrado das áreas do município. Com o crescente aumento da violência nas cidades, os bairros com menores índices de roubos, assaltos e furtos ganham maior relevância frente ao mercado imobiliário, em detrimento das áreas mais violentas.

Da mesma maneira, os bairros que possuem maior policiamento ou soluções para inibir o acontecimento de crimes em seu território também vêm ganhando destaque no mercado imobiliário. Áreas que possuem câmeras de vigilância instaladas, grande número de prédios com portaria, ou até mesmo rondas de agentes de segurança privada valorizam os imóveis ali localizados e aumentam o interesse de clientes, pois são um diferencial relevante na procura por um imóvel para locar ou comprar.

Iluminação pública de qualidade, vias com boa visibilidade e sinalização adequada, por exemplo, também são formas eficientes de diminuir os índices de violência e acidentes na área urbana, valorizando bairros organizados e bem planejados. Isso demonstra que a qualidade da infraestrutura pública também é um fator relevante para a valorização de uma área, como veremos no próximo ponto.

Qualidade da infraestrutura pública

Infraestrutura pública de qualidade pode ser um grande diferencial no preço do metro quadrado dos imóveis, refletindo diretamente na média de custo imobiliário dos bairros. Não apenas no quesito da segurança, o correto planejamento da cidade e a qualidade da ambiência de locais diferentes influencia profundamente no interesse da população de transitar ou não por áreas específicas do município.

Assim, ruas bem pavimentadas e asfaltadas valorizam os imóveis ali localizados, assim como calçadas largas e de qualidade atraem pedestres e incentivam o fluxo de pessoas. A arborização das ruas e a presença de praças e outras áreas verdes aumentam o conforto de quem circula por estes espaços, sendo áreas agradáveis e convidativas aos olhos da população. Bairros com locais para estacionamento e presença de pontos de transporte público, assim como ciclovias, também facilitam o acesso dos habitantes e aumentam o tráfego de pessoas em seu território.

Demanda local por imóveis

Cada área da cidade possui níveis de demanda diferentes para cada tipo de imóvel. Isso quer dizer que o preço do metro quadrado vai variar para cada nicho do mercado imobiliário de acordo com o interesse que seus clientes têm em cada bairro específico.

Por exemplo, existem bairros majoritariamente comerciais, com prédios de negócios e ruas atulhadas de lojas e pontos de serviço. Para quem procura um imóvel residencial, esta área não é interessante – seja pelo alto nível de barulho, número reduzido de espaços de lazer ou dificuldade para transitar nas ruas. Assim, o valor de um imóvel habitacional é reduzido, enquanto os imóveis comerciais ali localizados são extremamente valorizados.

Entender como o preço do metro quadrado de diferentes regiões da cidade é constituído é muito importante para qualquer um que deseje investir no mercado de imóveis. Com um pouco de estudo e observação, é possível analisar as características mais importantes de cada área e escolher o melhor imóvel para o sucesso dos seus negócios.

E você, já conhecia os critérios que mais influenciam o preço do metro quadrado nos bairros da cidade? Quer saber mais sobre o mundo do investimento imobiliário? Descubra em nosso próximo artigo o que influencia na valorização de imóvel de investimento e bons negócios!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp