Como render seus investimentos em tempos de congelamento imobiliário?

4 minutos
|12/04/2019
Como render seus investimentos em tempos de congelamento imobiliário?
Investimento Imobiliário

Felizmente, estamos com uma fase de boa recuperação desde o ano passado. A diminuição dos juros cobrados pelos bancos e outras facilidades de financiamento, aliados a outros fatores econômicos, fez com que investidores restaurassem sua confiança.

No entanto, nem sempre o mercado pode ser representando somente por crescimento. Você estaria preparado para render seus investimentos quando os tempos de congelamento imobiliário ressurgirem? Veja bem, não é “se”. É quando. Trata-se de um ciclo.

No artigo de hoje, vamos compartilhar com você algumas dicas para fazer seu investimento ser sólido mesmo em situações de retração como essa. Acompanhe a seguir.

1. Avalie as mudanças econômicas para antecipar o congelamento imobiliário

Nos ciclos econômicos em que o país passava por estabilidade e renda, o mercado imobiliário estava aquecido. Já em tempos de congelamento imobiliário, há uma desaceleração. Mas você não precisa ser pego de surpresa nesse aspecto!

Grande parte dos investidores adquire imóveis com a finalidade da locação. Modalidades como apartamentos compactos, em tempos de menor poder aquisitivo e de hipermobilidade, se destacam como melhores opções de custo-benefício. Por isso, analise o cenário econômico geral do país. Entenda como o momento afeta o dia a dia de seus possíveis clientes e aplique seus recursos de maneira sábia e aderente.

2. Veja quais são as tendências a serem valorizadas

O período de congelamento imobiliário é o que mais depende de investimentos. Somente com players que arrisquem investir, o ciclo poderá ser concluído e incentivar um reaquecimento do mercado. Uma forma de fazer com que seus investimentos rendam é reconhecer quais tendências podem ser aproveitadas em sua carteira.

Fatores como localização, deslocamento e objetivos de compra influenciam pesadamente na liquidez de seu empreendimento imobiliário. Vale a pena, especialmente em tempos de congelamento imobiliário, poder ter imóveis e empreendimentos que possam fazer com que você se destaque em relação a uma concorrência assustada e retraída.

Tendências como empreendimentos coliving, por exemplo, podem ser uma ótima saída para aqueles que buscam economizar e têm um perfil mais voltado para a valorização da coletividade. Congelamento imobiliário, para bons investidores, pode representar o momento em que as cartas são reembaralhadas e investimentos até então evitados podem ter a sua chance. Portanto, saiba aproveitar esse período para otimizar seus investimentos imobiliários!

3. Desenvolva suas habilidades de negociação

A impulsividade é comum em um mercado aquecido e veloz. Em tempos de congelamento imobiliário, no entanto, a melhor abordagem deve ser outra. Procure utilizar o cenário para reforçar argumentos de venda. Ofereça opções de negociação de preço e formas de pagamento que atraiam o cliente para a sua oferta.

Descontos e serviços atrativos de financiamento bancário podem ser mais raros durante esse momento. Mas é possível que existam contratos que valham a pena a médio e longo prazo. Assim, analise índices como taxas de juro e condições de renegociação. Dessa forma, você pode alcançar o sucesso no rendimento de seus investimentos.

4. Procure as pessoas certas para investirem com você

Inteligência emocional aliada a dados pode fazer com que você se destaque em tempos de congelamento imobiliário. Verifique o histórico de seus clientes, transmita confiança e tenha calma no momento de tomada de decisão. Erros e desgastes pode ser muitos custosos nesse ciclo que envolve um investimento tão expressivo e complexo.

Saiba, portanto, associar dados do perfil de seus clientes ideais com o mercado. Cheque preços praticados por região e procure ir atrás de maiores informações caso encontre diferenças muito impactantes.

Lembre-se de que, durante o tempo de congelamento imobiliário, oportunidades podem surgir para que você tenha investimentos que possam render mais no futuro. Visite regiões diferentes, identifique o perfil dos moradores e empresas localizadas no entorno. Faça uma projeção de crescimento e valorização e busque informações junto a fornecedores que estejam atuando no mercado.

Por fim, procure os parceiros certos para investir também. Dessa forma, você maximiza suas chances de sucesso e garante uma vantagem preciosa para agir assertivamente em suas negociações.

E você, como faz seus investimentos renderem em tempos de congelamento imobiliário? Aproveite para conhecer nossos empreendimentos, nossas soluções e novas modalidades de investimento. Com a Cap Rate Vitacon, por exemplo, você já pode ter um investimento com rentabilidade fixa a partir de mil reais. Conheça e inicie já seu investimento imobiliário conosco!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp