Como investir com queda da Selic?

6 minutos
|30/11/2019
Como investir com queda da Selic?
Investimento Imobiliário

Com a queda da Selic, como será que os investidores devem agir para encontrar boas oportunidades de investimentos? É preciso compreender que existem diversos fatores que influenciam os mais variados investimentos – seja na poupança, renda fixa, ações ou imobiliário.

Entre esses fatores está a taxa Selic, que é afeta o retorno de diversas formas de investimento. Quando ocorre uma queda da Selic, alguns investimentos passam a render menos. Esse fenômeno faz com que os investidores tenham que procurar alternativas mais rentáveis para manter o seu dinheiro bem aplicado.

A grande questão que surge é: como investir com a queda da Selic? Ao longo deste artigo veremos quais são as suas melhores alternativas nesses momentos. Confira.

O que é a taxa Selic?

A Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia) é a taxa básica de juros da economia no Brasil, utilizada no mercado interbancário para financiamento de operações com duração diária, lastreadas em títulos públicos federais. Os efeitos produzidos pelas variações podem ser notados de diversas formas – incluindo variações no poder de compra, acesso ao crédito, preços médios e na rentabilidade dos investimentos.

A taxa Selic é definida por uma reunião com membros do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) algumas vezes no ano. As suas variações são baseadas no movimento no mercado e na estratégia do governo de conter a inflação e estimular o consumo. Ou seja, é uma decisão que fica completamente fora de controle para os investidores.

Quais são os impactos da queda da Selic?

A queda da Selic produz efeitos em todo o mercado, o que significa que também ocorre um impacto nos investimentos. Porém, em alguns casos esse impacto é ainda mais relevante. Esse é o caso de alguns investimentos de renda fixa, que têm rendimento atrelado à taxa Selic.

Ao comprar um título público, você empresta dinheiro para o governo brasileiro em troca do direito de receber no futuro uma remuneração por este empréstimo. É justamente essa remuneração que o investidor recebe que compõe a rentabilidade do investimento. Porém, o governo paga um percentual menor se a Selic estiver em baixa.

Os investimentos em títulos públicos, poupança e CDI sofrem uma influência direta da taxa Selic. Por essa razão, esses são investimentos que só são rentáveis em momentos de alta da Selic. Quando as taxas de juros do mercado começam a cair, é recomendável partir para outros investimentos.

Principais alternativas de investimentos com a queda da Selic

Para fugir dos investimentos com baixa rentabilidade em situações de queda da Selic, existem diversas outras alternativas de investimentos que podem ser exploradas pelos investidores. Veja algumas delas:

  • Mercado de ações
  • Ouro como ativo financeiro
  • Letra de Crédito Imobiliário (LCI)
  • Letra de Crédito de Agronegócio (LCA)
  • Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI)
  • Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA)
  • Debêntures de Infraestrutura
  • Investimentos imobiliários

Apesar de ainda exercer uma influência nesses investimentos, a sua rentabilidade não está atrelada diretamente à taxa Selic. Isso significa que um investimento imobiliário pode ter os preços dos imóveis ou a capacidade de compra do consumidor influenciados pela taxa Selic, mas ainda pode proporcionar ótimos resultados.

Investimentos imobiliários: rentabilidade em todas as situações

O maior destaque quando falamos sobre investir com a queda da Selic é o investimento imobiliário. Essa é uma alternativa muito segura e rentável que pode apresentar bons resultados em todas as situações. Independentemente da taxa Selic e de outros fatores externos da economia, um investidor bem informado sempre consegue chegar a uma lucratividade favorável.

Os investimentos imobiliários são colocados em prática através da compra de um imóvel para obter um retorno financeiro através de sua venda ou locação. Ou seja, você adquire um bem físico que pode durar por muitos e muitos anos – sem depender apenas das variações da economia para obter um retorno sobre o investimento.

Os impactos da Selic nos investimentos imobiliários

A taxa Selic produz desdobramentos e influencia em vários fatores externos que afetam o mercado imobiliário. Veja quais são os principais deles:

  • Rentabilidade de outros investimentos. Com a diminuição da rentabilidade de outros investimentos na queda da Selic, muitos investidores optam pelos investimentos imobiliários.
  • Facilidade na obtenção do crédito. A taxa de Selic influencia nas taxas de juros cobradas nos empréstimos e financiamentos. Quando existem muitas oportunidades e a taxa de juros está baixa, mais brasileiros buscam financiamentos para fazer a compra da casa própria – elevando a demanda por imóveis.
  • Preço dos imóveis. O valor médio dos imóveis também pode variar conforme a taxa Selic – afinal, as taxas de juros do mercado afetam diretamente a relação de oferta e demanda pelos imóveis.

Como investir em imóveis de acordo com a taxa Selic?

Quando falamos sobre um investimento imobiliário analisando sobre as variações da taxa Selic, é possível realizar transações vantajosas em todos os casos – incluindo na queda da Selic. Veja como isso é colocado em prática:

Investimentos na queda da Selic

Imagine que você tenha um apartamento para investimento sob a sua posse. Em um momento de queda da Selic, o mercado se torna mais otimista e os consumidores têm acesso facilitado a financiamentos imobiliários. Por conta disso, existe um aumento considerável na procura por imóveis para compra.

Com esse aumento da demanda pelos imóveis, os preços dos imóveis também tendem a subir. Isso significa que um investidor imobiliário pode maximizar a rentabilidade do seu investimento justamente nos momentos de queda da Selic.

Investimentos no aumento da Selic

Se o cenário é tão otimista nos momentos de queda da Selic, será que também é um bom negócio investir em imóveis quando as taxas de juros estão altas? Nesses casos, a demanda pela compra de imóveis está menor – reduzindo os preços médios. Isso significa que é um ótimo momento para comprar imóveis por preços atrativos.

Você já sabia como investir com a queda da Selic? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp