Como escolher as melhores regiões para investir em imóveis?

6 minutos
|25/07/2019
Como escolher as melhores regiões para investir em imóveis?
Investimento Imobiliário

No momento de investir em imóveis, a escolha da localização da propriedade é muito importante para o sucesso do investimento. Dois imóveis com infraestruturas semelhantes podem apresentar resultados completamente opostos quando estão localizados em regiões diferentes de uma mesma cidade.

Para um investidor, é fundamental que o imóvel valorize e seja bem-visto pelas pessoas com interesse em locação ou compra, certo? O local em que esse imóvel está localizado influencia diretamente nessa percepção, afinal, podem existir muitas diferenças entre um bairro universitário, residencial ou centro da cidade.

Mais do que reconhecer a influência da região em que o imóvel está localizado na rentabilidade do investimento, é fundamental que o investidor saiba identificar quais são as melhores áreas para investir. Essa percepção pode tirar um investidor de operações de risco e ajudá-lo a encontrar boas oportunidades.

Confira, neste artigo, como você pode escolher as melhores regiões pra investir em imóveis e potencializar os seus investimentos.

A importância de pensar na localização para investir

Um investimento sofre a influência de muitos fatores simultaneamente: estrutura física, condições do mercado, localização, infraestrutura da região, gestão das despesas, divulgação do imóvel, entre outros. O objetivo do investidor é dominar todos eles para que consiga obter uma boa rentabilidade.

Porém, esses não são fatores isolados que atuam de formas diferentes. Geralmente, um aspecto se apoia no outro para tornar um investimento rentável – como um imóvel bem localizado que possui uma infraestrutura adequada para as famílias que moram naquela região. Quando comprado no momento certo, é grande o potencial de sucesso na operação.

Imagine que você compre um imóvel localizado em uma região que está em expansão na cidade. Por conta disso, recebe vários investimentos e surgem novos empreendimentos: calçadão, shopping center, praças arborizadas, novas residências, circulação de pessoas, entre outros. Todos esses são fatores que contribuem para a valorização de um imóvel, não é?

Além disso, todo esse movimento de crescimento de uma região cria um fluxo positivo. Ao aumentar a circulação de pessoas, também cresce a segurança do bairro e os empresários enxergam uma boa oportunidade de abrir empresas no local – gerando uma valorização ainda maior.

Por outro lado, pode ocorrer um movimento oposto quando um bairro que era de alto padrão começa a perder o prestígio. Nessa situação, as pessoas passam a migrar para outras regiões e os imóveis começam a desvalorizar pela baixa procura – criando uma bola de neve negativa.

Considerando essas situações, podemos resumir a importância de pensar na localização para investir nos seguintes tópicos:

  • Potencial de valorização. O principal aspecto relacionado à localização de um imóvel é o seu potencial de valorização. Afinal, é essa valorização que torna um investimento mais rentável.
  • Compra consciente. O momento da compra ao investir em imóveis é de grande importância para o sucesso do negócio, certo? É essencial pensar em longo prazo e planejar a compra pensando no desenvolvimento da região em que o imóvel se encontra.
  • Interesse do público. Se você busca alugar ou vender um imóvel, precisa pensar sob o ponto de vista do público que pode ter interesse. Nesse momento, a região do imóvel faz toda a diferença.
  • Perfil de investimento. A região do imóvel também diz muito sobre o perfil de investimento – que pode ser em um bairro nobre, universitário, popular, central, entre outros.
  • Uso do investidor. Em alguns casos, o investidor também pode usufruir do imóvel no futuro. Se você tem filho no ensino médio, investir em um apartamento no bairro universitário pode ser uma ótima ideia para utilizá-lo em alguns anos – conseguindo uma boa renda com a locação até que chegue esse momento.

Como escolher as melhores regiões para investir em imóveis?

Escolher as melhores regiões para investir em imóveis deve ser uma rotina consciente que considera os principais fatores que interferem na rentabilidade da operação. Para que você consiga colocar isso em prática, confira quais aspectos merecem a sua atenção:

Estrutura de bens e serviços da região

Inicie fazendo uma avaliação sobre os bens e serviços da região. Para que uma família tenha qualidade de vida, é necessário que existam vários serviços básicos – como escolas, hospitais, farmácias, supermercados, entre outros estabelecimentos comerciais.

Em regiões em que esses serviços são precários, é muito difícil atrair a atenção de potenciais moradores. Por outro lado, uma região em que esses bens e serviços estão em fase de expansão pode representar uma boa oportunidade de valorização.

Segurança e transporte

Segurança e transporte são duas grandes preocupações das pessoas atualmente. No momento de escolher uma moradia, esses são os primeiros fatores avaliados, não é? Por essa razão, também devem ser aspectos considerados no seu investimento.

Uma região que tem opções de transporte público e facilidade na circulação de veículos é bem-vista pelos locatários ou compradores. Da mesma forma, a busca por segurança é um exercício constante para as famílias brasileiras.

Áreas de lazer

Para acertar na escolha das melhores regiões para investir em imóveis, também é preciso considerar as áreas de lazer que podem ser acessadas facilmente. Quanto mais diversas forem as opções, melhor será a percepção em relação ao imóvel – facilitando no momento de alugar ou vendê-lo.

Perfil dos moradores

Um erro de muitos investidores é apostar em imóveis sem considerar o perfil dos moradores da região. De nada adianta comprar um apartamento de luxo em uma região universitária, na qual os moradores buscam por alternativas mais baratas e não estão tão interessados em comodidade, não é?

É necessário escolher uma região que esteja alinhada com os seus objetivos e entregue ao público exatamente o que ele busca. Essa é a melhor maneira de garantir que sempre existirão pessoas interessadas na locação ou compra do imóvel.

Projetos de expansão

Por fim, é no projeto de expansão que deve estar o maior foco para quem deseja investir em imóveis. As regiões mais rentáveis são aquelas que apresentam um grande potencial de crescimento – que gera a valorização dos imóveis e permite que o investimento obtenha uma ótima lucratividade.

E então, gostou das dicas para escolher as melhores regiões para investir em imóveis? Confira também o nosso artigo explicando o porquê o coliving é tendência de investimento em crescimento e até a próxima!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp