Gestaodotempo

Fazer a gestão do tempo é um dos desafios atuais mais complicados, você não acha? Com as rotinas cada vez mais corridas e mil e uma demandas batendo à porta, fica difícil administrar tudo de forma ágil e tranquila. São tantos estímulos, notificações, atividades, compromissos que, muitas vezes, acabamos, mesmo, é lutando contra o tempo e não o usufruindo qualitativamente. 

Mas isso tem que mudar, precisamos ter a consciência de que cada coisa tem sua hora e lugar, que não dá para “abraçar o mundo” e que viver apenas cumprindo tarefas no automático não faz alguém feliz.

Você está buscando mais qualidade de vida e um aproveitamento melhor de seu tempo? Então, confira, a seguir, as dicas que preparamos.

6 dicas para uma melhor gestão do tempo

1. Leve uma vida funcional

O mundo hoje é voltado para a funcionalidade, e sua rotina, para ser sadia, não deve ser diferente disso. A nova realidade exige que tudo seja feito de forma otimizada, evitando gastos desnecessários de tempo ou dinheiro.

E isso vale para todos os âmbitos da vida – pessoal e profissional. A sua moradia, a forma de se deslocar, a organização da sua agenda, a logística de programações diárias, as planilhas que usa no trabalho e até a tecnologia (eletrônicos, eletrodomésticos) presente no seu dia a dia precisam estar de acordo com essa premissa. As pequenas ações e os pequenos detalhes, quando somados, podem fazer muita diferença no final do seu dia.

Assim, faça opções mais funcionais em sua rotina. Por exemplo, ao invés de passar horas no trânsito, quem sabe trabalhar (mesmo que parcialmente) em um coworking em seu prédio não seja uma ideia melhor? Utilizar a academia de seu prédio, ao invés de uma externa também pode ser uma boa pedida!

2. Aprenda a delegar tarefas

Sabemos que, às vezes, é difícil admitir que não somos “super-heróis” que podem cuidar de tudo e “salvar o dia” sempre. Por isso, acabamos centralizando tarefas demais, o que prejudica a qualidade de vida e o bom desenvolvimento das atividades.

Sendo assim, esqueça a história de que você precisa dar conta de tudo sempre sozinho. Muito pelo contrário, trabalhar em conjunto poder ser muito mais produtivo – e prazeroso. Por isso, para uma melhor gestão do tempo, aprenda a delegar tarefas e escutar a opinião dos demais para executá-las: você precisa do “outro” no seu dia a dia.

Assim, tudo ficará mais fácil e ágil e você, de quebra, terá tempo para cumprir outras atividades importantes. E não pense que isso serve apenas para o trabalho, pois em casa – na família – também é preciso trabalhar com respeito e cooperação, um ajudando o outro. 

3. Estipule prazos e horários

Organização é palavra de ordem quando o assunto é gestão do tempo. Por isso, a considere como um dos principais pontos nesse processo. Uma ideia muito bacana é estipular prazos para suas atividades.

E isso vale tanto para os compromissos do trabalho – agendas de reuniões, finalização de demandas, horas trabalhadas por dia, etc. – quanto para as atividades de lazer – encontro com os amigos, descanso, passeios com a família, encontros sociais, etc. Tudo deve ser feito no seu momento e programado com antecedência. Assim, você consegue administrar uma rotina equilibrada e mais feliz.

4. Trabalhe a saúde do corpo e da mente

De nada adianta querer levar uma vida cheia de tarefas, se a sua saúde não estiver preparada para isso. Sim, antes de qualquer coisa, é preciso cuidar do seu bem-estar.

Trabalhar o corpo e a mente é fundamental para enfrentar bem seu dia a dia, evitando cansaço excessivo e estresse. A saúde precisa estar sempre em primeiro lugar, e só com ela em dia você terá disposição para cumprir todas as suas demandas e fazer uma boa gestão do tempo.

Por isso, visite o médico regularmente, faça exames de rotina, pratique esportes e se alimente bem. Assim, você estará preparado para viver com mais qualidade de vida e otimização do tempo.

5. Saiba que dizer “não” também é preciso

Aquele antigo problema de “não saber dizer não” parece estar ainda muito presente na sociedade, deixando as rotinas cada vez mais cansativas e mal organizadas. Infelizmente, não dá para aceitar tudo e é preciso selecionar o que pode ou não ser feito por você.

Um trabalho em prazo curto, uma reunião em horário apertado, uma festa de aniversário naquele final de semana que você prometeu descansar: os compromissos nunca param de surgir e cabe a você aceitá-los ou não. Você precisa aprender a definir prioridades e dizer “sim” apenas ao que realmente poderá ser cumprido.

6. Pare de procrastinar

A procrastinação parece ser um mal sem fim, mas que precisa deixar de fazer parte do seu dia a dia. Sabemos que a rotina, às vezes, pode ser maçante e que nem tudo que nos é demandado desperta o interesse.

Infelizmente, a notícia é que nem sempre vamos fazer apenas aquilo que gostamos. Mas isso não deve ser motivo de tristeza, porque outros momentos compensam esses “esforços”. A procrastinação – que consiste em um comportamento do indivíduo em deixar as coisas para depois, geralmente as substituindo por outras aparentemente mais legais – só prejudica a boa gestão do tempo. Atitudes assim fazem com que percamos tempo com bobagens e ainda acumulemos mais atividades.

A gestão do tempo pode parecer difícil em um primeiro momento, especialmente quando há muita novidade envolvida. Mas se desesperar nunca é uma boa opção, certo? Trabalhe aos poucos essas técnicas de administração do tempo e vá construindo uma rotina mais prática e tranquila. Comece já: você vai ver como isso trará benefícios! 

E então, pronto para começar a ter uma gestão do tempo mais eficiente? Tem alguma outra dica para compartilhar? Deixe sua mensagem nos comentários e até a próxima!

0
master
master
Posts Relacionados