Oriente médio: o guia da região para curtir sem surpresas!

4 minutos
|05/12/2019
Oriente médio: o guia da região para curtir sem surpresas!
Viagens

O Oriente Médio é um destino para viagem bastante peculiar e que reserva muitas surpresas permeadas por rituais, práticas religiosas próprias e muitas belezas naturais. No entanto, com tanta diversidade de locais e de particularidades regionais, quando é necessário traçar uma rota de viagem, pode ser difícil escolher os melhores caminhos e atrações turísticas.

Pensando nisso, neste artigo, falaremos sobre lugares para visitar, tour gastronômico e outros atrativos desse destino tão especial e peculiar que é o Oriente Médio.

O que não pode faltar em seu roteiro para o Oriente Médio

Conheça alguns lugares que não podem faltar no roteiro de sua viagem para o Oriente Médio.

1. Oásis de Farafra

O Oásis de Farafra fica no Egito e se destaca pelas areias brancas cobertas de giz natural e formações arenosas inusitadas. Indo até o local, ainda é possível conhecer o famoso Rio Nilo que fica bem próximo.

O Oásis traz consigo todo um simbolismo histórico em suas ruínas que remetem bastante ao período da pré-histórica. Outra característica da localidade são as altas temperaturas e a tranquilidade que o local passa a seus visitantes

2. Fiordes de Musandam

Musandam está localizado à beira do Golfo de Omã e Pérsico. Sua costa rochosa parece ter sido esculpida por geleiras, apesar de serem originadas de movimentos na crosta terrestre. Eventualmente, na localidade, alguns vales ficam cheios de água, por entre as montanhas.

É próprio para um passeio de barco inesquecível e para um mergulho refrescante nas águas cristalinas que só esse local fabuloso oferece.

3. Província de Asir

Localizada ao sudoeste da Arábia Saudita, essa é uma das regiões montanhosas mais bonitas e mais altas do local. Para quem não tem medo de altura, é o destino perfeito, afinal, há áreas com três mil metros de altura.

Apesar das temperaturas serem mornas e até quentes durante o dia, de madrugada pode contar com geadas e uma nebrina incrivelmente intensa.

4. Mar Morto

O Mar Morto fica nas fronteiras entre Jordânia, Israel e Cisjordânia e é cercado de todos os lados por paisagens maravilhosas. É um local bastante famoso em função de o mar possibilitar boiar com muita facilidade, quase sem esforço e pelas práticas medicinais associadas às suas águas, além do uso de sua lama para tratamentos de pele.

5. Monte Sinai

Para quem gosta de conhecer os aspectos culturais e religiosos de seus destinos de viagens, o Monte Sinai é perfeito, já que reúne religiões judaica, cristã e islâmica. Segundo o velho testamento, o Monte Sinai recebeu as tábuas com os dez mandamentos, o que faz desse um destino obrigatório para quem vai ao Oriente Médio.

Para fazer um trekking subindo a montanha, é preciso contratar alguma agência de turismo em Sharm el- Sheikh ou em Dahab, por ser uma área de preservação.

Atrações gastronômicas no Oriente Médio

A culinária do Oriente Médio, em geral, é bastante exótica para os ocidentais. Por isso, estômagos mais sensíveis podem ter mais dificuldades em saborear todas as especiarias do local. No entanto, há algumas comidas e bebidas que não podem deixar de ser apreciadas em uma ida ao local.

Beber um delicioso chá é obrigatório em um passeio no Oriente Médio. Hortelã, hibisco e gengibre, assim como as receitas Koshary e Saiidi e o Turco Rize, as quais são mais elaboradas e típicas da região, são boas pedidas.

E para quem gosta de café, o do Oriente Médio preparado à maneira turca, podendo conter alguma borra no fundo da xícara é a pedida perfeita. Ele ainda leva um toque especial de canela que deixa a bebida mais gostosa.

Os chás e cafés podem vir acompanhados do famoso pão árabe ou pão sírio, como chamamos no Brasil. E, acredite, você os verá em praticamente todas as refeições.

Além do café e dos pães, grãos, picles, pastinhas e berinjelas fazem parte da cozinha oriental de uma forma muito forte. O Meze, por exemplo, é um prato que reúne todas as essas especiarias e é ótimo para quem quer sentar-se em um bar e comer os famosos petiscos. O prato inclui ainda o requisitado tabule e carnes como cordeiro.

Para a sobremesa, os doces árabes são o maior sucesso e é impossível pensar neles sem amêndoas, pistaches, nozes e pinhões que enfeitam, aromatizam e dão sabor à confeitaria da região.

Gostou desse guia do Oriente Médio? Conhece alguma outra dica imperdível para essa viagem? Deixe sua mensagem nos comentários!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp