5 parques suspensos pelo mundo para inspirar seu dia

4 minutos
|02/10/2019
5 parques suspensos pelo mundo para inspirar seu dia
Viagens

Ninguém pode negar que uma cidade com verde é um lugar mais agradável para se viver. Mas, em grandes centros urbanos, já tão cheios de edificações e de asfalto, como fazer para tornar as áreas mais arborizadas e criar espaços de descanso e lazer? Metrópoles de todo o mundo encontraram nos parques suspensos a resposta para essa pergunta.

Nova York, Paris, Seoul, Sydney e Tóquio são algumas das cidades que transformaram antigas vias férreas, ou de automóveis, em parques que funcionam como áreas de lazer e espaços culturais. Conheça estes impressionantes parques suspensos espalhados pelo mundo e inspire-se!

#1 Parque linear High Line – Nova Iorque

Quem diria que uma antiga linha de trem abandonada poderia se tornar uma área verde e ponto turístico? Pois foi isso que aconteceu com o High Line, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Uma linha férrea elevada, construída em 1933, que levava trens de carga do sul de Manhattan para Midtown, hoje, dá lugar a um dos parques suspensos mais famosos do mundo.

Depois de quase ser demolida pela prefeitura em 2001, a estrutura foi salva por um movimento popular, que levantou recursos para a criação do parque, inaugurado em 2009.

No High Line, com aproximadamente 2,5 quilômetros de extensão, é possível passear por jardins com mais de 500 espécies de plantas e árvores, admirar obras de arte, assistir a apresentações culturais gratuitas, entre outros eventos.

#2 Promenade Plantée – Paris

A cidade luz também teve uma tradicional linha férrea, ainda mais antiga, transformada em parque. O Coulée verte René-Dumont ou, como é mais conhecido, Promenade Plantée, foi inaugurado em 1988, sobre a linha de trem existente desde 1859. O caminho que ele percorre começa atrás da Ópera da Bastilha e vai até o parque Bois de Vincennes.

Mais frequentado por parisienses do que por turistas, é uma boa pedida para quem quer fugir do roteiro turístico padrão de Paris. O Promenade Plantée tem 4,5 km de área verde e belas vistas do que há de mais tradicional e moderno na capital francesa.

#3 Seoullo 7017 – Seoul

Na capital da Coreia do Sul, a ideia foi usar um viaduto dos anos 70. Em coreano, Seoullo significa “jardim do céu”, e o número 7017 é uma referência às datas de construção de viaduto (1970) e da inauguração do parque (2017).

Além de ser uma área arborizada, o local conta com um playground para crianças e buracos cobertos de vidro no chão, para que os passantes possam ver a rua abaixo dos seus pés.

#4 The Goods Line – Sydney

Outro parque suspenso construído sobre uma antiga linha férrea está na cidade de Sydney, na Austrália. The Goods Line usa o conceito de “campus público”, onde a população e os turistas têm à disposição não só uma área verde, de descanso e lazer. O local é palco de festivais e outras atividades, além de ter academia ao ar livre, mesas de pingue-pongue, área de recreação para crianças e mesas com tomadas elétricas e Wi-Fi para estudantes.

#5 Log Road Daikanyama – Tóquio

A capital japonesa não ficou atrás na tendência de criar parques suspensos em antigas linhas férreas. O conceito do Log Road Daikanyama, porém, é um pouco diferente: ele nasceu como um centro comercial, com charmosas e elegantes lojas construídas com madeira, em meio a muito verde e áreas de descanso com bancos.

No espaço, construído sobre a antiga linha de trem de Tóquio, há, também, cervejaria, café e lanchonete para que, depois das compras, o público aproveite para fazer um lanche nas mesas de piquenique localizadas na plataforma elevada ao fim da passarela.

E você, conhece esses parques suspensos? Incluiu algum deles no roteiro da próxima viagem? 

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp