5 opções além de hotel para profissionais em viagem

5 minutos
|08/11/2019
5 opções além de hotel para profissionais em viagem
Viagens

Algumas empresas e funções laborais acabam demandando um deslocamento bastante intenso dos profissionais seja internamente pelo Brasil ou de forma externa, com viagens para o exterior. Até pouco tempo, profissionais em viagem e as próprias empresas contavam, basicamente, com a possibilidade de hospedagem de seus colaboradores em hotéis. No entanto, hoje em dia, cada vez mais opções surgem no mercado, melhorando aspectos como acolhimento, hospitalidade, localização, conforto, preço, entre outros.

Recentemente, o Ministério do Turismo desenvolveu um Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem, o SBClass. O objetivo da ação é o de organizar o setor, criando sete categorias diferentes de hospedagem e conferindo a elas um tipo de nota pelos serviços oferecidos.

Assim, de acordo com o SBClass, existem atualmente no mercado sete tipos de acomodações incluindo hotel. No entanto, neste artigo, iremos abordar apenas cinco, que são aquelas que mais se encaixam para as necessidades dos profissionais em viagem. Saiba mais a seguir.

5 alternativas ao hotel para profissionais em viagem

1. Pousada

A pousada é um estabelecimento comercial que disponibiliza para estadia quartos individuais, chalés ou bangalôs. Há locais em que o setor hoteleiro é bem limitado, então, as pousadas acabam sendo uma opção interessante para profissionais em viagem.

Além disso, essa é uma possibilidade mais viável financeiramente, pois seu custo costuma ser menor. As pousadas também podem ser interessantes, pois, muitas delas, contam com estrutura para abrigar algum evento, confraternização de empresa, etc.

2. Resort

O Resort é uma alternativa para profissionais em viagem em especial quando o compromisso de trabalho se dá nesse espaço. Empresas costumam marcar eventos importantes, tais como convenções e lançamentos de produtos, e utilizar a parte da hotelaria para a hospedagem de seus trabalhadores.

Em sua maioria, os resorts disponibilizam serviços de alimentação completa, spa, academia, piscina, entre outras comodidades e serviços. Tudo isso possibilita que, depois de um dia cheio de reuniões e dinâmicas de grupo, se possa relaxar um pouco, mesmo em meio a uma viagem de negócios. No entanto, esse tipo de solução costuma apresentar um custo mais elevado e que pode não caber no orçamento corporativo, sobretudo de viagens mais longas ou frequentes.

3. Bed and Breakfast (Cama e Café)

O modelo conhecido como Bed and Breakfast, ou, em português, Cama e Café, é um estabelecimento residencial, no qual seus proprietários oferecem ao hóspede um quarto para estadia, acompanhado de café e cama para descanso.

Esse modelo ganhou muita força nos últimos anos e pode ser um recurso a se considerar sobretudo para uma viagem de trabalho curta, em que os compromissos do dia a dia demandem deslocamento para esse local apenas à noite para descanso e que permita ao colaborador já sair cedo no dia seguinte com o café tomado. É uma alternativa barata para a empresa e pode ser bem interessante para o empregado.

4. Flat ou apartamentos

Se o Bed and Breakfast é um meio de hospedagem mais utilizado para viagens rápidas, para as mais longas, o flat ou o apartamento é mais recomendável. Ele apresenta a comodidade de um hotel, com um valor mais acessível e disponibiliza ao hóspede sala, cozinha, área de serviço, além do serviço de camareira para limpeza de quarto e, alguns, até fazem o serviço de lavagem de roupa.

Ainda, sobretudo os apartamentos, ajudam a criar o sentimento de lar – mesmo temporário – tão importante para as pessoas, sobretudo para funcionários que viajam a negócios frequentemente.

Vale também ressaltar que alguns desses empreendimentos oferecem no mesmo prédio sala para coworking, o que pode ser bastante prático e reduzir custos adicionais com locação e deslocamento do colaborador para a realização de reuniões, apresentações ou mesmo para preparar algum relatório de trabalho.

5. Hostel ou albergue

Os hostels, em sua maioria, oferecem estadia compartilhada. Eles têm ampliado a sua atuação no Brasil e no exterior já sendo um meio de hospedagem bastante consolidado, sobretudo entre o público mais jovem.

Para viagens para fora do país, essa opção é muito requisitada, uma vez que apresenta um valor acessível e oferece boas acomodações. Alguns oferecem café da manhã e têm opções de quartos individuais, como também os compartilhados. A escolha dependerá da empresa e dos profissionais em viagem. Para quem está em viagem de negócios e só precisa de um local para descansar, essa alternativa pode ser interessante.

Vale lembrar de que, para qualquer uma das opções, recomenda-se observar as avaliações que constam na internet, tendo em vista que você pode estar colocando o seu funcionário em um local que não tenha conforto para uma noite de sono e isso pode prejudicar o rendimento dele no dia seguinte. Ainda, é preciso estar atento para o fator segurança, além, naturalmente, do custo-benefício de cada opção.

E então, você já conhecia essas cinco opções para profissionais em viagem? Para saber mais sobre os atrativos de optar por um apartamento, em especial os da Vitacon, confira nosso infográfico com X vantagens do HOUSI para sua empresa.

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp