Existe valor mínimo para investir em imóveis?

6 minutos
|04/06/2019
Existe valor mínimo para investir em imóveis?
Investimento Imobiliário

O investimento imobiliário é capaz de equilibrar rentabilidade e segurança para o dinheiro investido em uma só aplicação. Por conta disso, investir em imóveis é o objetivo principal de muitas pessoas que pretendem aplicar o seu dinheiro guardado para fazê-lo render e colaborar com o crescimento do seu patrimônio.

Entretanto, um dos maiores desafios enfrentados por quem deseja investir em imóveis é o valor relativamente alto para investimento inicial, uma vez que o custo de uma propriedade imobiliária é bastante significativo. Isto desestimula muitos potenciais investidores, que deixam de investir o seu dinheiro e perdem a oportunidade de ganhar retorno financeiro.

Apesar disso, existem várias modalidades de investimento imobiliário que diminuem a quantia financeira inicial necessária, tornando o exercício de investir em imóveis mais acessível para pessoas com capacidades econômicas diferentes. Com a análise das suas finanças e uma avaliação dos seus objetivos com o investimento, é fácil descobrir qual a melhor opção para você investir em imóveis de forma segura e lucrativa.

Confira, a seguir, algumas modalidades de aplicação para quem quer investir em imóveis com menor valor inicial e os principais pontos que você deve considerar ao fazer o planejamento financeiro do seu investimento imobiliário, garantindo o sucesso da sua aplicação com a melhor alternativa para os seus objetivos.

O desafio do alto investimento inicial para investir em imóveis

Não é segredo que, mesmo para imóveis mais simples, o investimento inicial de uma propriedade imobiliária é alto. Apesar disso, o planejamento é a chave para quem quer investir em imóveis de forma lucrativa. Muitas pessoas mantêm o seu dinheiro estagnado e perdem oportunidades de aumentar a sua renda por falta de organização e compreensão do mercado imobiliário.

Além de não ter que pagar os valores de juros de um financiamento, por exemplo, quem tem poder de aquisição suficiente para comprar um imóvel à vista, normalmente, também tem a vantagem de conseguir descontos no valor da propriedade. Assim, a diferença final no valor da compra pode ser bastante significativa, diminuindo o tempo de retorno da sua aplicação e aumentando a sua margem de lucro.

Financiamento imobiliário

O financiamento imobiliário é um facilitador para quem quer investir em imóveis da forma tradicional – pagando pelo valor total do bem e passando a ser o seu proprietário. A diferença está no auxílio do banco, que empresta dinheiro para a compra e, depois, cobra juros para a sua devolução. Desta forma, você paga uma quantia inicial e depois segue pagando o resto do valor em parcelas mensais.

Apesar de não diminuir o custo total do investimento, o financiamento pode ajudar muitas pessoas com menor poder aquisitivo a investirem em imóveis sem ter que pagar o valor total de uma só vez, diluindo a quantia em frações ao longo do tempo.

Letras de Crédito Imobiliário

As Letras de Crédito Imobiliário, também conhecidas como LCIs, funcionam basicamente da mesma forma que o financiamento – mas no sentido contrário. Ao investir em uma LCI, você estará emprestando seu dinheiro ao banco, que, então, vai retornar esta quantia com juros. Estes juros podem ser pré ou pós fixados, e são a sua fonte de lucro neste investimento, ou a rentabilidade da sua aplicação. Mas, se o dinheiro é emprestado ao banco, o que isto tem a ver com imóveis?

É possível dizer que esta é uma forma de investir em imóveis porque, apesar de ser através do intermédio dos bancos, o dinheiro é necessariamente emprestado para a realização de projetos na área imobiliária. Normalmente, o investimento mínimo é de mil reais, muito mais acessível do que a compra de um imóvel em sua totalidade. Além disso, é importante lembrar que este tipo de investimento é isento da cobrança do Imposto de Renda, e costuma ter tempo mínimo de resgate de 90 dias.

Fundos de Investimento Imobiliário

Também conhecidos como FIIs, os Fundos de Investimento Imobiliário são investimentos que você realiza através de intermediários. Neste caso, você aplica o seu dinheiro em um fundo, que recebe investimentos de vários investidores, e o gestor escolhe as melhores opções de imóveis para investir. É como se você comprasse cotas deste fundo, e o retorno financeiro que recebe é o valor do aluguel cobrado por estes imóveis, proporcional à parcela de cotas que você possui.

Crowdfundings imobiliários

O crowdfunding imobiliário funciona de forma similar aos fundos de investimento, em que vários investidores aplicam seu dinheiro no mesmo empreendimento. A diferença está no fato que, em vez de comprar cotas e deixar um gestor se responsabilizar pela escolha dos imóveis em que serão realizados os investimentos, o próprio investidor pode escolher entre vários projetos para investir.

Assim, é uma forma de manter a sua autonomia ao investir em imóveis, comprando diretamente cotas dos próprios empreendimentos, passando a ser dono de uma pequena parcela dele. E existem várias opções para escolha, desde empreendimentos comerciais e shopping centers, até edifícios residenciais, com investimentos a partir de mil reais.

Imóveis na planta

Outra forma de diminuir o valor inicial para investir em imóveis é comprar na planta. Nesta modalidade, o comprador consegue um desconto expressivo no valor do imóvel – normalmente cerca de 20 a 40% do preço normal – para investir na propriedade antes ou durante a sua construção. A rentabilidade vem a partir deste desconto e da própria valorização do imóvel e da sua localização durante o período de espera para a sua entrega.

Cap Rate Vitacon

O Cap Rate Vitacon é uma nova oportunidade para quem quer investir em imóveis de forma rentável e segura. Com o Cap Rate, você investe em empreendimentos inovadores e bem-sucedidos de uma empresa com experiência no mercado, e conhecida por lançar espaços de alto padrão com serviços e tecnologia de qualidade. A rentabilidade da sua aplicação anual é fixa – ou seja, você recebe lucro de 12% do valor investido sem riscos. Com retorno de 24 meses, a rentabilidade total do seu dinheiro é 24% do valor investido!

Todas estas alternativas mostram que não existem mais limites para quem quer investir em imóveis. Basta descobrir qual a melhor modalidade de investimento para a sua capacidade financeira e o tempo que tem para administrar os seus negócios.

E você, já conhecia todas estas opções de investimento imobiliário? Quer conhecer mais sobre como investir em imóveis de forma segura e lucrativa? Confira nosso infográfico que ensina como simular o seu investimento Cap Rate Vitacon.

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp