Coliving para investimento: a nova sensação do mercado imobiliário

6 minutos
|12/12/2018
Coliving para investimento: a nova sensação do mercado imobiliário
Investimento Imobiliário

O mercado imobiliário está constantemente se reinventando e lançando novas tendências para atender a todas as necessidades da sociedade e aumentar a qualidade de vida dos moradores dos centros urbanos. Uma tendência que vem se mostrando muito bem aceita e está movimentando o mercado nos últimos tempos é o conceito de coliving para investimento em imóveis, que já está sendo aplicado em empreendimentos construídos em cidades de destaque no país.

O coliving é um conceito derivado da ideia de economia colaborativa, e que busca apresentar um novo modelo de vida para os habitantes dos centros urbanos. A proposta é voltar para formas de vida menos consumistas e mais conjuntas como comunidades, usufruindo das comodidades da vida moderna na cidade de forma compartilhada enquanto mantém o foco na sustentabilidade e na qualidade de vida das pessoas.

Assim, esse novo modelo de empreendimentos residenciais tem atraído muitos interessados pelas vantagens que ele apresenta para os seus moradores. No entanto, o coliving para investimento também oferece vários benefícios para os investidores de imóveis, sendo uma ótima oportunidade de negócio para aqueles que estão atentos às novidades do mercado.

Apesar disso, por ser um conceito inovador que ainda está sendo introduzido no mercado, muita gente não conhece como ele funciona e quais as vantagens que ele oferece para os moradores e os investidores. Confira a seguir o que é o conceito de coliving, os motivos pelos quais ele tem atraído tanta atenção e como o coliving para investimento pode ser uma boa alternativa de negócio bem-sucedido.

O que é o conceito de coliving?

O conceito de coliving busca um modelo de vida mais integrado entre a comunidade, onde vários equipamentos que podem ser utilizados por várias pessoas sejam compartilhados e as pessoas convivam mais com os seus vizinhos.

Na prática, o coliving substitui áreas de serviço dos apartamentos, como cozinhas e lavanderias, por espaços compartilhados por todos os moradores. Assim, estas áreas são reduzidas das unidades habitacionais – que se tornam apenas espaços para lazer e descanso, como sala de estar, quartos e banheiro, e realocadas em ambientes maiores e projetados para atender a todos os habitantes de forma confortável e satisfatória.

As comodidades do coliving para investimento

Um dos motivos pelos quais o coliving tem atraído a atenção de tanta gente é as comodidades que ele oferece para os usuários do empreendimento. Mais do que apenas áreas de lavanderia e cozinha compartilhadas, por exemplo, muitos prédios com esse conceito oferecem espaços para trabalho, encontros de negócios, lobby para visitas e encontros entre amigos, cinebar com área de entretenimento e lazer, academia e várias outras facilidades para os seus moradores.

Além disso, os prédios são projetados com alto padrão de qualidade e visando o conforto dos usuários, o que garante que existam sempre interessados em utilizar as suas dependências. Por isso, os empreendimentos de coliving para investimento podem ser ótimas opções de negócios seguros e lucrativos para os seus investidores.

Economia para os moradores

Outro grande atrativo que faz dos empreendimentos de coliving para investimento uma aplicação segura é a economia que as soluções utilizadas nestes prédios trazem para os moradores. Os ambientes compartilhados permitem que os habitantes tenham acesso a equipamentos de qualidade sem a necessidade de comprar vários aparelhos para cada unidade habitacional individual, e dividem todas as despesas de manutenção e limpeza destas áreas dentro do condomínio. Além disso, utilizar estes bens de forma conjunta ajuda a diminuir custos com recursos e energia mal utilizada, resultando em ainda mais economia no final do mês.

A localização e valorização do empreendimento

Os empreendimentos de coliving para investimento têm como uma de suas principais características a localização privilegiada, pois segue o conceito de diminuir o desperdício de recursos e reduzir a utilização de veículos motorizados para tarefas cotidianas. Desta forma, os moradores têm à sua disposição vários locais de comércio e serviço que podem ser acessados a pé ou de bicicleta, o que é mais um motivo para estes empreendimentos serem bem vistos pelos seus moradores.

Para os investidores imobiliários, esse também é um dos pontos altos do coliving para investimento. O mercado de imóveis é muito dependente da valorização que os diferentes bairros e áreas da cidade apresentam. Sendo assim, os imóveis de empreendimentos coliving também possuem grande valorização por conta do local em que se situam.

Mais opções para o investidor

Os empreendimentos de coliving para investimento possuem várias diferenças em relação aos prédios residenciais normais. Por apresentarem um novo modelo de vida na cidade, estes apartamentos não são apenas interessantes para quem quer viver de forma mais sustentável e integrada à comunidade.

As características dessas edificações e as comodidades que elas oferecem também são especialmente interessantes para pessoas que precisam de locais bem localizados para trabalhar em períodos específicos, sendo uma outra alternativa de forma de retorno que os investidores podem explorar com facilidade: a modalidade de short stay, ou alugueis curtos, para tirar proveito das facilidades e localização do seu negócio.

Menor investimento e maior qualidade

Como os prédios de coliving para investimento possuem apartamentos sem a presença dos ambientes de serviço, o resultado são unidades habitacionais de tamanho reduzido – o que também diminui o custo do apartamento, uma vez que o preço dos imóveis é bastante relacionado à sua metragem total. Estes apartamentos possuem o interior projetado de forma a maximizar a funcionalidade do espaço disponível com acabamentos de boa qualidade, o que faz com que o proprietário não tenha que fazer investimentos para readequar os móveis.

Além disso, os equipamentos e aparelhos que costumam estar localizados dentro das áreas de serviço dos apartamentos, como eletrodomésticos da cozinha ou máquina de lavar roupa, são parte dos ambientes compartilhados do condomínio e têm o seu preço diluído com os outros moradores do local. Assim, são apartamentos mobiliados que têm custo reduzido e as despesas de manutenção e limpeza de boa parte dos bens é dividida com o resto do empreendimento.

A utilização do conceito coliving para investimento imobiliário é uma nova tendência que oferece várias vantagens tanto para os moradores dos empreendimentos quanto para os investidores. Além disso, é uma ideia que associa noções de diversos itens que estão em alta, como conforto, qualidade de vida e sustentabilidade, o que valoriza estes empreendimentos e faz deles uma boa aposta de bons negócios para os investidores atentos.

Você já conhecia esse novo conceito de empreendimento? Sabia das vantagens que o coliving para investimento pode trazer para os seus investidores? Deixe seu comentário abaixo com as suas impressões ou dúvidas sobre esta nova tendência que promete gerar ótimos negócios.

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp