Apartamento coliving é mais barato do que os tradicionais?

6 minutos
|13/12/2018
Apartamento coliving é mais barato do que os tradicionais?
Investimento Imobiliário

Quem quer investir em imóveis deve estar sempre ligado nas tendências que o mercado imobiliário apresenta, de forma a se manter atualizado e aproveitar as melhores oportunidades que aparecem. Um dos conceitos que mais estão em alta atualmente é o apartamento coliving, em que se propaga um novo modelo de vida moderna para os usuários.

Nesta nova forma de habitação, os apartamentos têm tamanho reduzido e menos ambientes que os apartamentos convencionais que conhecemos. Desta forma, o apartamento coliving convida seus usuários a utilizar áreas comuns com equipamentos compartilhados entre os vizinhos, em um conceito que promove a economia de recursos, redução de desperdício e transformação do padrão de vida baseado no consumismo.

Confira a seguir como funciona o apartamento coliving e por que ele pode ser uma alternativa mais econômica do que o modelo tradicional de apartamento.

O que é o coliving?

O coliving é uma nova tendência urbana que se baseia no compartilhamento de ambientes. Ela promove uma forma de vida mais contemporânea, acessível e sem complicações, e tudo isso com base na ideia de economia compartilhada. Mas o que isso quer dizer?

O coliving busca substituir o modelo consumista de vida atual por uma forma baseada no compartilhamento. Na prática, ele propõe que os moradores podem usufruir do benefício de ter bens de qualidade, que podem atender a várias pessoas, em conjunto – em vez de cada um ter um equipamento de cada na sua casa. Isso também incentiva a convivência entre os vizinhos, gerando a troca de experiências e a proximidade das relações humanas.

Outra vantagem que o coliving proporciona e que aumenta o conforto dos habitantes é que, por serem compartilhados entre todos, os equipamentos e objetos que mobíliam as áreas compartilhadas são de ótima qualidade e passam frequentemente por limpezas e manutenções. Com isso, frequentemente são melhores do que os que muitos dos moradores teriam em suas casas individualmente.

Como funciona o coliving?

Em vez de cada pessoa ter uma área de serviço na sua casa, por exemplo, o empreendimento oferece uma lavanderia compartilhada, com equipamentos de qualidade e que são utilizados por todos os moradores. A ideia é retirar espaços das unidades de moradia que podem ser transformados em áreas de uso comum sem perder a qualidade de vida dos usuários. Pelo contrário, este novo modelo de habitação visa aumentar o conforto dos seus moradores enquanto promove a sustentabilidade da forma de vida humana.

Então, os habitantes possuem a sua unidade habitacional – o apartamento coliving, onde têm o seu quarto e banheiro e tudo o que precisam para seus momentos de descanso e lazer. Assim, o apartamento é mobiliado com cama, mesa, televisão e assentos, como uma outra residência comum. A diferença é que os outros espaços, como a área de serviço ou a cozinha, por exemplo, não existem no apartamento, pois são ambientes maiores voltados ao uso comum.

Que ambientes são compartilhados?

Um apartamento coliving pode variar muito de acordo com o conceito de cada empreendimento em particular. Algumas das áreas compartilhadas mais comuns são a academia, equipada com aparelhos de exercício físico, o lobby, como uma área de estar e recepção em que existem móveis para sentar e conversar, e salas de coworking, que oferecem um ambiente propício para trabalhos e encontros de negócios.

Também é normal encontrar nestes empreendimentos lavanderias compartilhadas, com várias máquinas para atender a todos os usuários. Além destas, existem empreendimentos que oferecem o conceito de coliving em cozinhas compartilhadas, em que todos os moradores dividem os equipamentos e bancam os custos de limpeza em conjunto, ou cine bar, que oferece opções de entretenimento e lazer juntamente a um serviço de drinks e petiscos.

Outras possibilidades são uma sala de ferramentas compartilhadas, equipada com vários instrumentos de uso comum para pequenos reparos, uma área de guarda-entregas delivery, ou até mesmo um apartamento de área maior para receber visitas. Existem empreendimentos de apartamento coliving que incluem também outros serviços para facilitar a vida dos seus habitantes. Um exemplo é o aluguel de bicicletas ou de carros, onde existem algumas unidades de cada disponíveis para os habitantes, que “alugam” os serviços sempre que precisarem.

Por que o apartamento coliving pode ser uma alternativa econômica?

Um apartamento coliving possui metragem significativamente inferior aos apartamentos mais convencionais. Como o conceito retira a necessidade de vários cômodos dentro de cada apartamento individual, o espaço necessário para acomodar uma pessoa ou família confortavelmente diminui bastante.

Além disso, este tipo de empreendimento preza muito pela otimização do aproveitamento de espaço, trabalhando com imóveis que passam por um intenso processo de planejamento e projeto para utilizar a área interna do apartamento da melhor maneira possível, com soluções modernas e criativas.

Assim, o apartamento coliving é mais econômico porque oferece tudo que uma residência deve prover para o seu morador necessitando de uma área privada menor, o que diminui o custo do imóvel. Como vários equipamentos e serviços são compartilhados entre os moradores, os custos também são diluídos entre todos, reduzindo bastante gastos com limpeza, manutenção e outras aplicações gerais.

Outro ponto de economia é que vários serviços são pay per use, ou seja, cada morador paga apenas por utilização. Isso facilita a redução de despesas com produtos que não usufrui e cada um cobre apenas o quanto utilizou cada serviço. O compartilhamento dos espaços e equipamentos comuns é uma prática que vai de encontro à economia colaborativa, que busca incitar o consumo consciente e diminuir os desperdícios – reduzindo ainda mais gastos desnecessários e gerando economia de recursos.

O conceito de coliving vem sendo cada dia mais incorporado ao estilo de vida contemporâneo. Essa solução moderna para aumentar a qualidade de vida e maximizar o uso do espaço vem apresentando várias ótimas oportunidades de investimento em empreendimentos inovadores que apostam nestas ideias para alavancar o conforto dos seus usuários. Assim, um apartamento coliving é uma boa oportunidade para os investidores atentos fazerem um investimento rentável acompanhando as tendências do mercado.

Você já conhecia o conceito do coliving? O que acha deste tipo de empreendimento que vem ganhando espaço no mercado imobiliário? Deixe suas considerações ou dúvidas nos comentários abaixo e conte para a gente!

Compartilhar

Novidades Vitacon

Assine nossa newsletter e acompanhe nossas notícias sempre em primeira mão:

whatsapp