African woman working on new building plans while sitting at her desk. Female interior designer working at home office.

O mercado tem trazido novas tendências, inclusive, nos regimes de contratações. Atualmente, os funcionários que trabalham como freelancer e home office estão ganhando cada vez mais espaço no universo corporativo, sobretudo após a recente reforma trabalhista. Trabalhar em casa pode ser mesmo muito vantajoso, tanto para as empresas quanto para os profissionais, mas é preciso se atentar a algumas questões cruciais para garantir um bom trabalho e não perder a produtividade.

De fato, trabalhar em casa já é uma realidade no mundo inteiro e vem ganhando cada vez mais espaço também aqui no Brasil. De acordo com uma pesquisa realizada pela Catho, 37,2% dos brasileiros fazem home office em algum momento. Por outro lado, 62,8% não costumam cumprir por completo a jornada de trabalho quando estão fora do escritório.

Diante desse cenário, o que fazer para não perder a produtividade ao trabalhar em casa? Confira nossas dicas a seguir!

1. Tenha um ambiente de trabalho adequado na sua casa

Essa história de trabalhar no quarto ou no sofá, na maioria das vezes, não da tão certo. Nessas situações, ficamos mais suscetíveis a distrações e protelações.

Para evitar isso, reserve um local exclusivo para realizar suas atividades profissionais e o adéque de acordo com as suas necessidades. Dessa forma, você “ativa automaticamente” sua função trabalho e consegue manter seu foco nas atividades laborais.

2. Ao trabalhar em casa, estabeleça horários

Trabalhar em casa, geralmente, é sinônimo de horários mais flexíveis, mas, para criar uma rotina produtiva, é importante estabelecer horário para começar e terminar o trabalho.

Assim, é possível criar um hábito e evitar ocupar seu tempo de produção com outras atividades. Além do que somente assim é possível controlar suas horas trabalhadas, preservando-se do estresse e dos problemas gerados pela sobrecarga ou por atrasos.

3. Não procrastine

Deixar para depois é uma prática mais tentadora ao trabalhar em casa. No entanto, o grande diferencial das pessoas que trabalham com alta performance durante muito tempo está, basicamente, em sentar e fazer o que precisa ser feito no tempo certo.

Portanto, não procrastine, tenha em mente que todas as suas atividades laborais são importantes – independentemente do local em que você estiver trabalhando.

4. Faça pausas

Trabalhar por períodos muito longos sem interrupções pode prejudicar a sua produtividade. Há diversos estudos que demonstram que esses períodos de descanso são fundamentais para que continuemos produtivos. Uma pesquisa conduzida pela DeskTime, por exemplo, demonstrou que os profissionais mais produtivos faziam uma pausa de 17 minutos a cada 52 minutos trabalhados.

Dessa forma, caso você sinta seu corpo ou sua mente cansados, mesmo que fora de hora, permita-se tirar alguns minutos para respirar ar fresco, tomar um café, etc. – mas, naturalmente, não faça pausas longas demais!

5. Entenda seu ciclo circadiano

Nosso ritmo diário, nossas funções do corpo e estados de sono e de vigília são regulados pelo chamado ciclo circadiano.

E quando não estamos bem sincronizados com essa espécie de relógio da produtividade, nosso desempenho tende a cair, enfrentamos estresse e perda de concentração.

Assim, aproveite a maior flexibilidade que se tem ao trabalhar em casa, para alinhar seu período laboral com seu ciclo circadiano. Por exemplo, há pessoas que alcançam melhor performance pela manhã, outras são mais produtivas no período da tarde. Identifique em quais horários estão seus picos de produtividade e dê prioridade par as tarefas mais importantes e urgentes nesses momentos.

6. Conscientize os demais moradores sobre seu período de trabalho

Fazer o restante dos moradores da casa entenderem que você está trabalhando nem sempre é uma tarefa tão fácil quanto parece. Estabeleça acordos como: manter a porta fechada, não receber visitas durante o expediente, não aumentar o som da TV, rádio, etc. Assim, todos começam a se acostumar com sua rotina laboral, o que evita constantes interrupções.

7. Considere o coworking

Apesar de melhorar a qualidade de vida, o home office também pode ser maçante e reduzir nossa produtividade. Nesses casos, busque programar alguns dias de trabalho fora de casa, como em cafés. 

Há opções de prédios que oferecem em sua estrutura espaço de coworking, assim, você obtém a melhor combinação: a flexibilidade de trabalhar em casa, mas com a estrutura e o ambiente profissional de uma empresa. Ainda, nesse modelo, você poderá, mesmo trabalhando em casa, fazer networking e contato com outros profissionais que frequentem esse espaço.

8. Não deixe de ter seus momentos de lazer

Ao trabalhar em casa, um dos impulsos iniciais pode ser o de fazer uma “maratona” laboral, para adiantar e finalizar projetos. No entanto, como vimos, as pausas são, de fato, fundamentais para garantir a produtividade e nosso bom desempenho.

Ainda, ao se trabalhar em casa, a solidão pode aumentar em nossa rotina, o que pode nos deixar menos dispostos e mais estressados. Para evitar tudo isso, é fundamental reservar momentos para lazer, sobretudo acompanhado de quem você gosta. Isso ajudará a dar aquele gás extra para sua criatividade e produtividade.

9. Adote técnicas de produtividade

Quando se trabalha em uma empresa, segue-se uma rotina estipulada por ela. Mas, e quando se trabalha em casa? 

Adotar técnicas de produtividade pode favorecer sua performance. Métodos como Pomodoro, Smart e Getting Things Done são bastante usuais para isso.

10. Utilize a tecnologia a seu favor

Utilizar mecanismos que ajudem a manter sua concentração no trabalho nos períodos estipulados ajuda a garantir seu ritmo laboral. 

Nesse sentido, há aplicativos que podem ser bastante úteis. Há, por exemplo, o Offtime – que bloqueia notificações de redes sociais durante o período estipulado –  e o AppDetox – que ajuda a “acalmar” seu smartphone, estipulando um tempo de uso para cada app.

E então, gostou de nossas dicas para trabalhar em casa sem perder a produtividade? Tem algum conselho extra para compartilhar? Deixe sua mensagem nos comentários!

0
master
Posts Relacionados