ON Blog

Seja bem-vindo
ao Blog da Vitacon

Fale Conosco
  • Whatsapp
    11 97534 6551
  • Chat
    Online Agora
  • Telefone
    11 3588 4101

Qual o conceito moderno de morar bem?

Millennial Trends • 17/10/2019 • min. Qual o conceito moderno de morar bem?

Nos últimos tempos, provavelmente, você já deve ter lido ou ouvido frases como “um novo conceito de morar bem” ou ‘‘uma revolução no conceito de morar”. Pois é, mas em um mundo cada vez mais moderno e mutável, o que significa morar bem?

De fato, o conceito mudou e continuará mudando, pois se relaciona com o atendimento de necessidades e expectativas de uma família, casal, uma única pessoa ou grupo, e isso varia de acordo com o passar dos anos.

Atualmente, os profissionais que atuam diretamente nas áreas de arquitetura, construção e imobiliário, citam que os principais pontos considerados na hora de escolher onde morar são: segurança, conforto e praticidade.

Indiscutivelmente, o lugar onde moramos é determinante no nível de satisfação e de qualidade de vida que alcançamos. Por isso, antes de alugar, comprar ou mudar de casa, é preciso ter bem claro qual é, para você, o conceito de morar bem. No entanto, apesar de alguns critérios serem bastante pessoais, alguns quesitos básicos são comuns para orientar essa escolha. Conheça-os a seguir!

10 quesitos que formam o conceito moderno de morar bem

1. Conveniência

Hoje, com o tempo tão escasso para a realização das atividades pessoais e profissionais, morar bem significa ter conveniências básicas próximas ao seu lar. 

Não ter que perder tempo se deslocando para padarias, restaurantes, bancos, mercados e outros tipos de comércio oferece mais praticidade na rotina.

2. Boa localização e facilidade de deslocamento

Esse item tem tudo a ver com qualidade de vida. O conceito mais antigo de morar bem abarcava que se morasse em um imóvel grande, mesmo que em uma localização não tão privilegiada.

Já o conceito moderno está mais alinhado com a facilidade. Isso quer dizer que, mais importante do que m² é que o imóvel tenha uma boa localização, que conte com meios de transporte próximos, escolas, hospitais, centros comerciais. Isso tudo se traduz em mais tranquilidade e menos estresse na rotina contemporânea.

3. Lazer

Morar bem também significa não deixar os momentos de lazer e a vida social de lado. Bairros com opções de entretenimento variadas para os dias de folga, shoppings, parques, cinemas, clubes, bibliotecas... Tudo isso ajuda a garantir uma rotina mais leve, feliz e satisfatória.

4. Infraestrutura

Saneamento básico, iluminação nas ruas, abastecimento de água, asfalto em dia, boa rede de telefonia e de internet, entre outras situações, caracterizam uma boa infraestrutura que é crucial para se morar bem.

5. Segurança

Tão fundamental quanto uma localização que permita poucos deslocamentos é morar em um bairro e em uma residência segura. Os lugares com altos índices de criminalidade colocam a sua tranquilidade em risco e limitam suas possibilidades de deslocamento. Recursos como câmera de segurança, alarme e segurança privada também fazem parte do conceito moderno de morar bem.

6. Economia compartilhada

A tendência da economia compartilhada cada vez mais passa a fazer parte do conceito moderno de morar bem. O coliving é uma possibilidade de moradia que incentiva o convívio e a troca de experiências com outros moradores, o que garante uma experiência de moradia muito mais enriquecedora e social.

7. Menos é mais

Aquela ideia de que morar bem é morar em um apartamento enorme, como vimos, está mudando. Na concepção moderna, a otimização do espaço e o bom aproveitamento dos ambientes permitem que se more confortavelmente em uma metragem menor. E isso garante maior liberdade de escolha quanto à localização dos imóveis, tornando possível morar em uma localização privilegiada que, antigamente, poderia ser inacessível.

8. Sustentabilidade

Esbanjar e desperdiçar são ações que realmente não cabem dentro do conceito moderno de morar bem! Cada vez mais, busca-se opções sustentáveis de consumo e de moradia. Ter uma horta orgânica, um bicicletário, compartilhar serviços: tudo isso, sim, é valorizado atualmente e deve estar presente mais intensamente no cotidiano das grandes cidades.

9. Custo-benefício

No conceito moderno de morar bem, compreende-se que a tranquilidade financeira é fundamental. Por isso, busca-se opções que estejam alinhadas à personalidade, ao estilo de vida e às necessidades pessoais, mas que tenham um custo que caiba no orçamento.

Como vimos, os imóveis de custo e de metragem mais elevada têm perdido a relevância perante os compactos com boa localização e com variedade de - bons - serviços disponibilizados na estrutura do prédio, muitas vezes, de modo compartilhado, o que garante sua qualidade e um custo menor.

10. High tech e high touch

Sobretudo nas décadas de 1970 e 1980, pensava-se que já nos anos 2000 os carros voariam e robôs fariam todos o nosso serviço doméstico. Naturalmente, não chegamos nesse patamar, mas a tecnologia, desde então, evoluiu muito e o conceito moderno de morar bem leva esse ponto em consideração.

Assim, a tecnologia é utilizada para facilitar a rotina, e a chamada automação residencial é uma realidade presente em muitos empreendimentos. O uso de IoT (Internet das Coisas) e de outras soluções high tech favorece a criação de ambientes mais práticos para vivermos. 

Mas isso não é tudo! Cada vez mais entende-se que a tecnologia é uma aliada, mas que não substitui o contato humano - o high touch está com tudo!

Por isso, muitos lançamentos imobiliários estão buscando um equilíbrio nessa equação. Eles utilizam diversos recursos tecnológicos em sua estrutura e nos serviços disponibilizados, mas também proporcionam oportunidades de interação, de aproximação e de criação de laços. Os espaços compartilhados são exemplos disso.

A rotina moderna demanda soluções habitacionais que, mais do que belas esteticamente, agreguem as necessidades e os valores das pessoas. Atualmente, o conceito de morar bem é muito mais abrangente do que apenas morar em um local espaçoso - ele perpassa crenças, prioridades e um estilo de vida mais saudável, social e produtivo.

E qual é o seu conceito de morar bem? O que não pode faltar em um imóvel para você? Deixe sua mensagem nos comentários!

Relacionados