Paulistanos compartilham da furadeira aos próprios carros

Tendência mundial, modelo econômico que valoriza o usar em detrimento do possuir ganha força na cidade com sites e aplicativos

Paulistanos compartilham da furadeira aos próprios carros

O outro filão dessa onda acontece quando o produto pertence não aos inscritos, mas à empresa. Sim, é o bom e velho aluguel, como nas locadoras de vídeo, mas aplicado a setores diferentes. Um exemplo é o prédio residencial Vita Bom Retiro, onde os 270 apartamentos têm de 14 a 60 metros quadrados. Um deles será de uso comum, para a hospedagem de visitas. “É a mesma lógica aplicada ao aluguel do salão de festas”, compara Alexandre Frankel, dono da construtora Vitacon, que tem se especializado em projetos do gênero — há condomínios com carros para ser usados por todos. “Quem não entender que essa é uma tendência forte vai ficar para trás”, avalia.

Fonte: Veja São Paulo

Clique e confira a matéria completa

0
master
Posts Relacionados