Não é de se surpreender que qualquer investidor se preocupe sobre qual o bom momento para investir. Isso porque, entre outros resultados indesejados, começar investindo no momento errado pode gerar grandes perdas para um investidor iniciante.

Felizmente, o início do ano não vem apenas com novas resoluções, mas também traz ótimas oportunidades para os investidores.

Pensando nisso, neste artigo, você irá descobrir as principais dicas que os potenciais investidores precisam conhecer ao fazerem um investimento no começo de ano para que esse seja um bom momento para investir. Acompanhe a seguir.

A importância de definir um objetivo ao investir

Antes de avaliar se esse é um bom momento para investir, é mais produtivo e menos estressante decidir quais são seus principais objetivos e descobrir a melhor maneira de chegar lá. Não adianta pensar que seu objetivo é simplesmente “ganhar muito dinheiro esse ano”.

Se você investe sem definir claramente seu objetivo e, principalmente, como chegar lá, você poderá perder dinheiro, independentemente de esse ser um bom momento para investir.

Seus objetivos determinam quanto tempo você está disposto a permanecer no jogo. Assim, por exemplo, você não entra em pânico ao ler a primeira notícia da possibilidade de haver uma queda na rentabilidade no seu investimento.

Existe um bom momento para investir?

Sempre que você investe, o tempo está do seu lado. No longo prazo, os retornos de um investimento bem escolhido são garantidos, independentemente do período do ano ou no mercado que você estiver aplicando seu dinheiro.

Assim, em vez de ficar preocupado demais quando você deve fazer um investimento, pense mais sobre em quanto tempo planeja manter seu dinheiro investido. Diferentes investimentos oferecem diferentes graus de risco e de retorno, e cada um é mais adequado para um período de investimento.

Quanto mais tempo você deixar o dinheiro investido, maiores serão os riscos que você poderá aceitar, já que você terá mais tempo para esperar por períodos melhores após eventuais instabilidades na economia.

Dessa forma, o investimento não é tanto sobre o melhor período do ano, mas sobre o quanto de conhecimento de mercado e paciência você tem para realizar um bom negócio.

O mercado imobiliário como uma boa opção de investimentos

Para boa parte dos brasileiros, comprar um imóvel é um dos maiores investimentos que eles farão em suas vidas. Comprar uma casa é um grande investimento porque você fará uma dívida que pode demorar, em média, 30 anos para quitar.

Além disso, uma vez que você compra casa, a venda pode ser demorada e cara. É por isso que é tão importante ser inteligente sobre o processo de investir no mercado imobiliário e que há tantas pessoas optando por aluguel – o que aquece, de modo geral, o mercado.

Um bom momento para investir no mercado imobiliário é quando as taxas de juros estão baixas. Esperar por determinadas épocas do ano, quando os proprietários estão mais propensos a obterem um acordo favorável, também pode render bons frutos.

Geralmente, o mês de janeiro é o melhor momento para investir em imóveis. Nesse período, quando muitas pessoas estão viajando de férias ou pagando dívidas do começo do ano, comumente existem mais vendedores do que compradores de imóveis. Isso significa que é possível obter preços mais baixos e exigir mais concessões de proprietários ansiosos por venderem seu bem.

Por outro lado, em outras épocas do ano, pode existir menos casas disponíveis, portanto, os proprietários costumam ter vários compradores interessados em sua propriedade, fazendo que eles peçam o maior preço possível. É importante estar atento a esse tipo de sazonalidade.

No entanto, mesmo com uma avaliação cuidadosa das condições do mercado, é difícil prever os preços de imóveis. Se os preços são muito altos em uma determina área de interesse – principalmente se o valor não condiz com a renda local – isso poderia ser um sinal de uma bolha imobiliária. Nesse caso, vale a pena esperar para que você não pague demais por um imóvel que pode cair rapidamente em valor se essa bolha estourar.

As principais dicas para investir em imóveis

Antes de investir em uma propriedade, é vital ter uma compreensão completa do seu fluxo de caixa. Peça ao seu banco uma pré-aprovação de um empréstimo para investimento, para que você saiba o quanto é possível pedir emprestado antes de começar a procurar por imóveis. Certifique-se de ter um orçamento suficiente para taxas e impostos.

Um dos maiores impactos nos preços dos imóveis é a localização. Por isso, tente escolher uma propriedade em uma área onde haja forte demanda por acomodações para locação ou compra. Assim, antes de desembolsar uma quantia na compra de uma propriedade, certifique-se de que ela está em uma boa localização.

Para ter uma ideia do bem-estar de uma área, examine as estatísticas da região, como criminalidade, escolas, crescimento populacional, renda média e finanças do município. As áreas que estão passando por revitalização são bons lugares para investir.

A valorização imobiliária é um jogo complicado, mas também muito rentável. A área em torno de sua propriedade pode valorizar quando um grande shopping center é construído, por exemplo, o que a torna mais atraente para potenciais compradores ou locatários.

Além disso, o lucro, ou retorno, que você tem em seus investimentos imobiliários deve ser suficiente para cobrir o risco assumido, os impostos que você paga e as despesas de possuir o investimento imobiliário, como serviços, manutenção regular e seguros.

Dessa forma, quando você compreende os fatores básicos do investimento, dos riscos e do bom momento para investir, o mercado imobiliário pode abrir-se para você com ótimas opções de retorno. 

E então, gostou do artigo? Ficou com alguma dúvida sobre quando é um bom momento para investir no mercado imobiliário? Deixe sua mensagem nos comentários!

0
master
Posts Relacionados