Quando investir em imóvel na planta é um bom negócio_

Dentre as opções de investimento disponíveis para os brasileiros, muitas pessoas optam pelos imóveis por conta da segurança dessa aplicação. Entretanto, mesmo quando nos limitamos apenas aos imóveis, ainda existem várias formas de obter retorno financeiro – seja com fundos de investimento imobiliários ou com a compra de um imóvel na planta para alugar ou revender. A grande dúvida que surge é: qual é a melhor forma de obter rendimentos com esse tipo de investimento?

Qualquer que seja a forma de investir, é o planejamento inicial que indica se o negócio é vantajoso ou não. Existem casos em que investir em imóvel na planta pode trazer ótimos resultados financeiros, enquanto outras operações só causam estresse e prejuízos.

Para ajudá-lo, a seguir, veremos quando investir em imóvel na planta é um bom negócio. Confira.

Como funciona a compra de um imóvel na planta?

Antes de falarmos sobre as situações em que é rentável investir em imóvel na planta, é preciso entender melhor como funciona a operação de compra nesse caso, não é?

A lógica por trás da aquisição é bem simples: você pode comprar um imóvel que ainda será construído (ou está em fase de construção). Geralmente, é a compra dos imóveis que viabiliza a construção de toda aestrutura.

Com essa operação você está, na verdade, investindo o seu dinheiro em um bem que será entregue apenas em alguns meses. O que os investidores buscam nesses casos são os imóveis que possuem um potencial de venda com um valor superior ao pago na planta, ou, então, que gerem uma renda fixa com aluguel.

Benefícios de investir em imóvel na planta

Mas por que investir em imóvel na planta em vez de optar pela compra de outro que já está pronto? Confira os principais benefícios nessa escolha.

  • Alta possibilidade de valorização. Um imóvel comprado na planta é novo e sem nenhum problema nas instalações, o que cria as condições perfeitas para que ele valorize com o passar do tempo. Na maior parte dos casos, atéo imóvel ficar pronto, o investimento já vai ter valorizado significativamente.
  • Instalações novas. Um grande problema de investir em imóveis mais antigos é a necessidade de realizar reparos para deixá-los em condições de uso pleno. Com imóveis na planta esse problema não existe.
  • Desconto na compra. A negociação direto com a construtora é mais vantajosa do que os financiamentos bancários. Por isso, em muitos casos, é possível obter um desconto especial ao comprar um imóvel na planta – o que é uma grande vantagem para os investidores.
  • Baixo valor de investimento. Como consequência da compra feita a um valor abaixo do mercado, o investimento em imóvel na planta pode ser feito com uma quantia menor do que em outra situação.
  • Personalização do ambiente. Se você desejar, é possível ir ainda mais fundo e personalizar os ambientes do imóvel de acordo com as características dos potenciais compradores – facilitando no momento da revenda.
  • Alta liquidez. Esse tipo de investimento afasta muita gente por conta da baixa liquidez, mas investir em imóvel na planta reduz esse problema. Por serem modernos e sem necessidade de reparos, a venda desses bens se torna mais fácil.

O que avaliar em um imóvel na planta?

O sucesso de um investimento em imóvel na planta passa pela qualidade e pelas condições da compra. Para evitar erros na escolha, confira os principais aspectos que devem ser avaliados antes de investir em um imóvelna planta:

  • Qualidade do imóvel. O primeiro aspecto que merece a sua atenção é a qualidade do imóvel – que inclui a planta do imóvel, os materiais utilizados e todas as comodidades que estão inclusas.
  • Valor do investimento. O preço que você terá que pagar pelo imóvel também deve ser avaliado. Uma ótima ideia é fazer um bom estudo de mercado para comparar com o preço de outros imóveis na sua cidade.
  • Reputação dos responsáveis pela obra. Busque conhecer melhor a incorporadora e construtora responsáveis pela obra. A última coisa que você quer é ter complicações relacionadas à construção do imóvel, certo?
  • Localização.Avalie a localização do imóvel, pois esse é um dos fatores que influenciam diretamente na sua valorização.
  • Potencial de valorização. Busque avaliar todos os fatores que contribuem para a valorização (ou desvalorização) do imóvel para se certificar de que realmente se trata de um bom investimento.
  • Facilidade da venda. De nada adianta comprar um imóvel de qualidade e por um bom preço se você, dificilmente, encontrará compradores, não é? Avalie, também, a facilidade da venda e opte por imóveis que não exijam um perfil de comprador muito específico – como acontece com um apartamento com 8 quartos, por exemplo.

Quando esse investimento é um bom negócio?

Mas afinal, quando investir emimóvel na planta é um bom negócio? Para chegar a uma conclusão definitiva, você deve responder a uma pergunta bem simples: é possível ganhar dinheiro com essa aquisição?

O segredo para fazer a escolha correta é não tomar decisões precipitadas e avaliar todos os aspectos envolvidos na operação. Em muitos casos, você pode encontrar um imóvel abaixo do valor do mercado, mas que não possui potencial de valorização por conta de outras estruturas externas – como a construção de um presídio nas proximidades, por exemplo.

Por outro lado, é possível utilizar essa mesma lógica a seu favor. Se você observa que uma das regiões da cidade está em expansão e recebe constantemente novos investimentos, talvez, investir em um imóvel na planta seja uma ótima ideia por conta da valorização obtida.

Investir em imóvel na planta é um bom negócio, basta que você saiba identificar as ofertas certas e estar atento às oportunidades.

Você já conhecia as situações em que é um bom negócio investir em imóvel na planta? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário e até a próxima. 

 

0
master
master
Posts Relacionados