Quando é hora de investir no segundo imóvel_

Será que já está na hora de investir no segundo imóvel? Depois do primeiro investimento bem-sucedido no mercado imobiliário, é comum que os investidores comecem a pensar na compra de outro imóvel para gerar ainda mais renda – afinal, os benefícios de investir em imóveis continuam muito atrativos.

Entretanto, nem sempre é fácil colocar essa ideia em prática. A aquisição de um imóvel representa um investimento de alto valor financeiro no Brasil, não é? Portanto, é preciso um bom planejamento para garantir que o segundo imóvel possa ser comprado sem maiores problemas e sem afetar a rentabilidade do seu primeiro investimento.

O primeiro passo para um investimento de sucesso com o segundo imóvel é acertar na hora de planejar a compra. Neste artigo, veremos como você pode realizar essa avaliação e maximizar a rentabilidade dos seus investimentos.

Quando é a hora de investir no segundo imóvel?

Para fazer uma boa avaliação sobre a hora de investir no segundo imóvel, é necessário pensar a respeito de várias informações relevantes para o sucesso do empreendimento. Separamos algumas questões que ajudarão na sua reflexão sobre a viabilidade desse novo investimento:

Situação do primeiro imóvel

O seu primeiro imóvel já está completamente quitado? Acumular o financiamento de dois imóveis simultaneamente pode ser pesado para o orçamento familiar de boa parte dos investidores. Por isso, procure deixar o seu segundo imóvel para o momento em que o seu primeiro investimento já estiver gerando uma boa rentabilidade.

Por outro lado, o término do financiamento de um imóvel pode ser o momento ideal de partir para o segundo investimento. Se você já está habituado com o pagamento das parcelas do financiamento todos os meses, pode aproveitar para continuar com eles, mas referentes ao segundo imóvel.

Rentabilidade imediata do investimento

Outro indicador de que pode ser a hora de investir no segundo imóvel é o potencial de rentabilidade imediata desse investimento. Imagine que você encontre um imóvel que pode ser pago com parcelas mensais de valor inferior ao valor cobrado de aluguel. Trata-se de uma operação que gera rentabilidade imediata e viabiliza o pagamento de forma muito fácil.

Com o primeiro investimento em imóveis gerando uma boa rentabilidade, você tem mais liberdade para realizar operações dessa forma – afinal, a renda gerada pelo primeiro imóvel pode ser o suficiente para o pagamento do novo.

Qualidade de vida da sua família

Pensar no conforto da sua família é um ótimo incentivo para investir no segundo imóvel. Em vez de avaliar apenas a rentabilidade financeira da operação, você pode procurar por investimentos que geram qualidade de vida e podem oferecer um bom retorno no futuro.

Imagine que você opte pela compra de uma casa na praia para aluguel na temporada. Esse investimento pode render ótimos períodos de férias com a família, mas, também, ser alugado nos meses em que você não for utilizar. Além disso, você ainda pode procurar por um imóvel localizado em região com potencial de valorização para conseguir vender por um bom preço em alguns anos.

Aproveitamento de ótimas oportunidades

Parte do sucesso no mercado imobiliário está no aproveitamento de boas oportunidades que aparecem. Se você está na dúvida sobre a hora de investir no segundo imóvel, pode optar por aguardar o surgimento de negócios promissores – sem pressa para tomar uma decisão.

Agora que você já tem um imóvel com boa rentabilidade, não existe pressa para investir o seu dinheiro. Fique de olho no surgimento de novos empreendimentos e na variação dos preços das casas e apartamentos. Quando você notar uma oportunidade com boas condições de compra e potencial de valorização, aproveite para fazer o seu investimento.

Viabilidade da forma de pagamento

Da mesma forma como acontece com o investimento no primeiro imóvel, é essencial fazer uma boa análise financeira antes de aplicar o seu dinheiro. Faça uma avaliação sobre a viabilidade de realizar o pagamento do segundo imóvel sem comprometer o seu orçamento familiar. Quanto mais tranquilo for quitar a compra, mais benéfico pode ser o investimento.

5 dicas para acertar no investimento

Se você decidiu que, realmente, está na hora de investir no segundo imóvel, é importante ter muita calma no processo de aquisição do novo investimento. Para garantir um bom negócio, preparamos algumas dicas que você pode seguir:

  1. Tenha uma boa conversa com a sua família. Não deixe de explicar para a sua família sobre a aquisição de um novo imóvel para investimento e ressalte a necessidade de ajustar o orçamento doméstico.
  2. Reduza os pagamentos mensais. Antes de assumir um novo compromisso financeiro, procure reduzir ao máximo os pagamentos que são realizados mensalmente. Se ainda falta um ano para terminar o financiamento do primeiro imóvel, talvez seja uma boa ideia esperar até que esse compromisso seja quitado.
  3. Avalie as formas de aquisição. Os investidores que não desejam realizar o pagamento do imóvel à vista têm diversas alternativas para viabilizar o pagamento – com destaque para os financiamentos e consórcios. Avalie todas as formas de aquisição do segundo imóvel para encontrar a mais benéfica.
  4. Considere investir em imóveis na planta. Agora que você já tem um imóvel gerando renda mensal, não existe uma pressa para obter os ganhos de um novo investimento, não é? Isso permite que você invista em imóveis na planta, que costumam ter um preço abaixo da média do mercado – mesmo que você tenha que aguardar alguns meses até a conclusão da construção.
  5. Fique de olho nas boas oportunidades. Como vimos, a hora de investir no segundo imóvel pode ser aquela em que você identifica boas oportunidades que podem ser aproveitadas no mercado imobiliário.

E então, você acha que está na hora de investir no segundo imóvel? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário e até a próxima. 

0
master
master
Posts Relacionados