quais-fatores-constituem-o-preco-de-um-imovel

O investimento imobiliário pode ser um ótimo negócio para quem quer aplicar o seu dinheiro de forma segura e rentável. Mas, como qualquer outro investimento, um dos aspectos mais importantes para garantir que seja bem-sucedido é que o capital inicial necessário para realizar a aplicação seja justo e corresponda ao que a propriedade pode oferecer de retorno financeiro posteriormente – influenciando no preço de um imóvel.

No entanto, são diversas as características que influenciam no preço de um imóvel. Com isso, muitos investidores não sabem bem quais critérios analisar ou os impactos que isso pode trazer para o seu investimento imobiliário – o que os leva a fechar negócios sem a certeza de que está pagando um preço justo e que o imóvel atenderá à sua expectativa de retorno.

Confira, a seguir, os fatores que constituem o preço de um imóvel para saber como analisá-los em seus futuros investimentos e garantir negócios bem-sucedidos e rentáveis.

Os fatores que constituem o preço de um imóvel

Localização

A localização é, sem dúvidas, um dos aspectos mais relevantes na hora de definir o preço de um imóvel. Quanto mais perto de áreas centrais ou de pontos de interesse, mais valorizado será o local, por possuir acesso facilitado às áreas comerciais, serviços e outras comodidades.

No entanto, não é apenas desta forma que a localização influencia no preço de um imóvel. A presença de infraestrutura de qualidade nos arredores também é um fator importante. Ou seja, observe se no entorno do imóvel existem ruas e calçadas com calçamento em boas condições, iluminação pública de qualidade, arborização e canteiros nas vias, presença de praças nas proximidades, e outras características que podem impactar positivamente na qualidade de vida das pessoas que virão a ocupar este espaço.

Idade da edificação

A idade da edificação também tem influência no preço de um imóvel, sendo que os empreendimentos mais novos tendem a ser mais valorizados do que os antigos. Isto acontece porque os eles, geralmente, têm acabamentos mais modernos e sem marcas de uso – o que pesa no aspecto estético da construção.

Além disso, os imóveis novos são preferidos por ter instalações recentes e funcionais, com vida útil ainda longa. Edificações antigas, por sua vez, podem apresentar problemas de funcionamento por conta de sua idade, como infiltrações e dores de cabeça com encanamento. Isso pode ser duplamente problemático porque, uma vez que aconteça este tipo de imprevisto, não somente será um incômodo ao inquilino do imóvel, como representa a necessidade de mais investimento para manutenção destes problemas.

Tamanho

Outro aspecto relevante no preço de um imóvel é o seu tamanho. A metragem da propriedade é um dos principais pontos a serem observados, uma vez que a precificação dos imóveis é normalmente feita em m². Assim, independentemente dos outros aspectos, entre dois imóveis semelhantes que se encontram na mesma área, o de maior metragem custará mais de forma proporcional à diferença de tamanho em relação ao menor.

Condições do imóvel

O estado de conservação e apresentação da propriedade é outro critério que pesa no momento de definir o preço de um imóvel. Quanto mais bem conservado ele estiver, maior será a sua valorização – enquanto rachaduras, marcas de uso e manchas são características que podem fazer o seu preço baixar. Por isso, busque sempre manter os seus imóveis em boas condições de conservação, e procure por propriedades que se encontram bem mantidas, de forma a valorizar a aplicação do seu dinheiro.

Aspecto estético

A capacidade que um imóvel tem de atrair interessados é uma das principais características que definem o seu preço. Por isso, o aspecto estético de uma propriedade é muito relevante na hora de precificar, uma vez que ele ajuda a chamar a atenção dos clientes. Nesse sentido, a qualidade dos acabamentos é um fator que influencia muito na beleza geral do imóvel, assim como projetos bem feitos e executados com o acompanhamento de profissionais.

Diferenciais

A presença de diferenciais na propriedade pode ser um importante determinante no processo de definir o preço de um imóvel. Uma piscina, por exemplo, já pode ser decisiva em fazer o seu imóvel se destacar em frente às outras propriedades parecidas no mercado, e permitir que você aumente o preço por ser capaz de atrair mais interessados. E os diferenciais podem ser muitos, sendo que os mais comuns são a existência de áreas gourmet, vagas de estacionamento, vistas privilegiadas, coberturas, e quintais, entre outros.

Segurança

A segurança do imóvel pode se referir a dois aspectos principais. Primeiramente, à segurança do imóvel em si e dos bens e pessoas que nele se encontram contra roubos e assaltos, por exemplo. Nesse quesito, é bom avaliar se a área costuma ser violenta e se o empreendimento possui estratégias de segurança, como cercas, portaria ou câmeras de vigilância – que tendem a ser elementos importantes para os possíveis interessados no seu investimento.

O segundo aspecto é a segurança contra desastres naturais, como inundações, terremotos ou tufões. No Brasil, o mais comum é a existência de áreas de alagamento, que podem ser extremamente negativas para um empreendimento, pois geram muitos impactos nas vias e nos próprios imóveis – que podem vir a necessitar de mais investimentos para manutenção.

Inovação

Embora seja enquadrada como um diferencial, a inovação merece ser tratada de forma particular, porque pode ser considerada ainda mais relevante para a precificação do imóvel. Afinal, diferenciais são características extras que destacam o seu imóvel das demais propriedades – mas podem ser itens que outros empreendimentos também oferecem.

Inovações tendem a ser diferenciais mais exclusivos, pois ainda são novidade no mercado. Desta forma, garantem que o seu imóvel chamará ainda mais a atenção dos clientes em relação aos competidores, pois possui comodidades e status de novidade.

São vários os critérios que envolvem a correta construção do preço de um imóvel. Você já sabia como precificar os seus investimentos imobiliários? Conhece algum aspecto que não citamos aqui no artigo para definir o preço de um imóvel? Conte para a gente, deixe um comentário abaixo e até a próxima!

0
master
Posts Relacionados