Passo a passo para quem vai começar a investir em imóveis

Está pensando em começar a investir em imóveis? Essa é uma opção de investimento cada vez mais procurada pelos investidores brasileiros por conta da sua alta rentabilidade, sem a necessidade de correr riscos altos.

Entre os grandes atrativos do investimento em imóveis estão o bom momento do mercado, a proteção contra efeitos da inflação, o potencial de alta lucratividade na operação, segurança e a possibilidade de diversificar os investimentos, ou seja, tudo o que você precisa para fazer o seu dinheiro render.

Entretanto, com essa gama de atrativos para investir em imóveis, existe uma parte dos investidores que acha que qualquer investimento será rentável – o que nem sempre é verdade. É preciso ter um bom conhecimento sobre o mercado antes de partir para essas transações.

Para lhe ajudar a diversificar os investimentos, preparamos um guia em formato de passo a passo para investir em imóveis com segurança. Acompanhe.

Como começar a investir em imóveis?

Para começar a investir em imóveis, é fundamental ter um bom conhecimento sobre o mercado imobiliário e as melhores formas de tornar um investimento rentável. Para ajudá-lo a iniciar os investimentos com o pé direito, criamos um passo a passo com as principais informações.

1. Organize as suas finanças

Essa dica parece bastante óbvia, mas organizar as finanças pode ser mais complicado do que você pensa. Começar a investir em imóveis significa aplicar o seu dinheiro em propriedades de baixa liquidez – que não podem ser vendidas de uma hora pra outra para que você utilize o dinheiro.

É por essa razão que manter as finanças organizadas se torna fundamental. Você não pode contar com o dinheiro do aluguel cobrado ou depender da venda de um imóvel para pagar todas as suas contas, por exemplo. É necessário ter uma situação financeira que permita seguir a sua vida normalmente, mesmo com a realização do investimento.

Para isso, garanta que você tenha o dinheiro suficiente para lidar com os altos e baixos dos seus investimentos. Você consegue pagar todas as suas contas sem a renda do investimento? Possui uma reserva financeira para lidar com imprevistos – como um grave problema nas instalações hidráulicas do imóvel? Certifique-se de que você se sente seguro para aplicar o dinheiro em imóveis.

2. Entenda o mercado

A lógica para obter uma boa rentabilidade no investimento com imóveis é conseguir comprá-lo por determinado valor e vendê-lo quando estiver valorizado – procurando alugar a propriedade nesse meio tempo. Porém, para conseguir colocar isso em prática, é necessário entender bem como funciona o mercado.

O mercado imobiliário é um dos mais maleáveis, podendo apresentar altas e baixas imprevisíveis ao longo dos anos. Estudar como funciona esse nicho a monitorar a valorização (ou desvalorização) dos imóveis é fundamental para acertar na hora de comprar ou vender.

Se você realmente entende de mercado imobiliário, sabe quando é inteligente comprar uma propriedade e quando é melhor esperar por um preço melhor, além de conseguir avaliar os momentos adequados para aumentar os preços de aluguel ou vender o imóvel. No geral, você obtém melhores retornos se puder prever o mercado.

3. Saiba como avaliar um imóvel

Um erro muito comum cometido entre as pessoas que desejam começar a investir em imóveis é avaliar uma propriedade apenas pela sua estrutura física, sem considerar os fatores externos que influenciam na sua valorização. É preciso ter a consciência de que o valor de um imóvel varia de acordo com o bairro em que está localizado, o crescimento da região, as facilidades no entorno, entre outros aspectos externos.

4. Aprenda a cuidar da propriedade

No período entre a compra de um imóvel e a sua venda, saber como cuidar da propriedade para que ela não desvalorize é parte do dever de casa. Faça manutenções preventivas e se certifique de que os locatários do imóvel estão fazendo um bom uso da estrutura.

Além disso, também é necessário lidar com a cobrança de aluguel, seguro, encaminhamento de documentos, impostos, entre outros compromissos relacionados ao imóvel. Portanto, esteja preparado para dedicar um tempo extra para cuidar bem do seu investimento.

5. Trace uma estratégia

Antes de começar a investir em imóveis, trace uma estratégia para potencializar os resultados alcançados. Você quer comprar um imóvel em qual região da cidade? Quando pretende comprá-lo e vendê-lo? Qual é o valor estimado da venda dessa propriedade? Quanto você pode cobrar pelo aluguel desse local?

A pior decisão que um investidor pode tomar é optar pela compra de um imóvel sem refletir sobre todas essas questões.

6. Tenha uma noção de marketing

Uma das etapas fundamentais de um investimento em imóveis é encontrar compradores interessados. Por essa razão, é importante que você saiba como vender essa propriedade – encontrando potenciais compradores e mostrando todos os atributos positivos do imóvel.

Mesmo que essa não seja a sua principal fonte de renda, e você não vá vender imóveis com muita frequência, uma noção de marketing pode ajudá-lo a obter os melhores resultados nesse momento. Lembre-se que o seu objetivo é fazer a venda pelo melhor preço possível e maximizar a rentabilidade do investimento.

7. Descubra como ganhar dinheiro

Antes de começar a investir em imóveis, uma coisa deve estar muito clara: como ganhar dinheiro com o investimento. Você pretende recuperá-lo apenas alugando a propriedade ou vai vendê-la? Em quanto tempo pretende fazer a venda? Qual seria o valor ideal para obter um bom lucro com o negócio?

O objetivo de qualquer investimento é obter um retorno superior ao valor investido. Tenha isso em mente quando começar a analisar o mercado imobiliário e avaliar quais imóveis poderiam ser uma boa opção de investimento.

E então, gostou do passo a passo para começar a investir em imóveis? Se você deseja potencializar os resultados do seu investimento, confira a nossa planilha de investimento em imóveis e até a próxima. 

0
master
Posts Relacionados