Inovação é a palavra chave para os próximos anos

Eles são conhecidos por inovar na hora de construir empreendimentos e são famosos pelas unidades compactas que constroem. É deles, a menor unidade já lançada no Brasil, a de 14m², na região do Bom Retiro. Mas ao lançar novidades, a Vitacon Incorporadora e Construtora surge como exemplo de construtora brasileira que busca a inovação do setor.

Foi pensando assim que a empresa criou no final do ano passado, uma serie denominada “Café com Conteúdo”, que traz em cada edição um expoente do setor que ajude a refletir o mercado e a sua linha de atuação.

Em sua quarta edição, o “Café com Conteúdo” trouxe Guilherme Machado, corretor capixaba, que há quatro anos resolveu se enveredar pelo caminho educacional e se tornou influenciador digital, além de criador do movimento “Quebre as Regras”.

O evento, que contou com uma plateia predominantemente de corretores, foi marcado por uma reflexão que analisou como o mercado imobiliário estará em 2030. A inovação foi mola mestra da conversa no Espaço Vitacon, e contou com a apresentação de Alexandre Lafer, CEO da Vitacon Incorporadora e Construtora, que justificou o convite – “estamos fazendo inovação todos os dias aqui na Vitacon. Desde na hora de pensar o empreendimento – no que ele poderá ajudar as pessoas e a cidade – até na forma de sugerir para investimento ou compra de uma unidade. Somos os responsáveis pelo lançamento do menor compacto do Brasil, mas não falamos isso com orgulho por desenvolver uma unidade pequena, somos orgulhosos por oferecer uma solução de moradia próxima às vias de transporte e com facilidades.”

Guilherme Machado ao definir inovação em sua palestra, alertou para o comodismo e para confusões que as pessoas fazem dificultando a inovação – “eficiência sem inovação um dia será falência” – e com isso, lembrou de cases como a Kodak – referência na oferta de filmes e papeis fotográficos e também em maquinas de fotografar –  que virou ícone de empresa que sucumbiu por não valorizar a tecnologia, e também da Blockbuster, um dia líder mundial na locação de filmes, mas que não se atentou para a chegada de uma provedora global de filmes e series via streaming, e definhou.

O palestrante lembrou que inovação não combina com segurança – “inovação é risco, é disrupção e loucura. Inovação provoca as pessoas para que corram riscos, saindo da área de segurança e provocando com isso, um aumento da zona de conforto. Inovação precisa de inteligência, já que as pessoas precisam enxergar o futuro estando ainda com os pés no presente”.

Machado selecionou três dicas de inovação que ele considera mais interessantes:

  1. Exagere em tudo que você faz – quem nunca ouviu a máxima – peque pelo excesso e nunca pela falta.
  2. Faça perguntas esquisitas – o que faz a diferença na vida da gente não são as respostas, o que realmente enriquece o diálogo são as perguntas que são feitas. As perguntas e os questionamentos são as chaves para qualquer inovação.
  3. Mescle – misture tudo – inovação promove conexão, empoderamento e liderança, mas tudo numa plataforma única.

Um dos pontos centrais da conversa de Guilherme e que realmente fez a diferença no Espaço Vitacon foi a recomendação dele, para os profissionais presentes no evento, sobre a necessidade de se atualizar sempre e estar na vanguarda das novidades. E lembrar que a tecnologia facilitou e aproximou o mundo com conceitos como micro investimento, sharing economy, smart cities, drones, conexões. Mas como última mensagem Guilherme lembrou “que nunca poderemos esquecer que somos humanos e que devemos ter a humildade como mantra. A humildade é a única proteção contra as idiotices que fazemos”.

A palestra faz parte da série “Café com Conteúdo” – criada pela Vitacon – para promover um debate sobre o mercado imobiliário com especialistas da área. Os encontros acontecem na Vitacon Store.

0
master
master
Posts Relacionados