Guia do quarto funcional- como planejar_

A funcionalidade, sem dúvidas, é uma das grandes premissas dos projetos de interiores de hoje em dia que se justifica, principalmente, pela realidade de ambientes cada vez mais compactos. E quando se fala em um dormitório, então, a ideia de otimização é ainda mais importante e representa uma necessidade de adaptação. Até porque ninguém quer abrir mão do conforto desse ambiente, não é mesmo? Mas nada é impossível: é viável planejar um quarto funcional, prático e aconchegante – e que vai lhe ajudar a valorizar o seu imóvel.

E então, quer saber mais sobre como planejar um quarto funcional e o que não pode ficar de fora do projeto? Acompanhe.

1. Pufes e poltronas

Um quarto não precisa se resumir apenas a um espaço para dormir, com uma cama: ele pode, sim, ser funcional e ter características modernas e aconchegantes, sendo, também, um refúgio para relaxamento. Por isso, apostar em alternativas complementares (que sejam inteligentes e condizentes com o seu espaço, claro!) faz toda a diferença quando você investe em um imóvel pensando em alugar ou vendê-lo posteriormente.

Outros estofados – como pufes e poltronas – são opções práticas e que se adaptam muito bem a esse contexto. Para quem deseja um espaço de descanso ou que facilite a acomodação de visitas, é uma das melhores ideias, viu? Prefira apostar em versões versáteis, que podem ser encaixadas em diferentes espaços do cômodo. Ainda, não deixe de brincar com diferentes tecidos e texturas de revestimento, os deixando ainda mais charmosos e bem integrados à decoração do ambiente.

2. Mesas multiuso

As mesas são presença confirmada em qualquer cômodo da casa, até mesmo em um quarto funcional!

A ideia é utilizar algum modelo inteligente, capaz de desempenhar mais de uma função (as famosas mesas multifuncionais). Para isso, prefira aquelas com divisórias e gaveteiros, que podem ser usadas para acomodar objetos.

Pense na composição do ambiente posicionando esse móvel em local estratégico e de acesso fácil. Repense, também, os conceitos, pois, com um pouco de organização, é possível usar o mesmo móvel para duas propostas diferentes. Quer um exemplo? Uma penteadeira pode muito bem ser utilizada como uma mesa auxiliar para estudos – e versatilidade atrai interessados em imóveis para alugar ou comprar.

3. Nichos e prateleiras são essenciais para um quarto funcional

Eles são sucesso na decoração e auxiliam muito na organização dos ambientes. Os nichos e as prateleiras têm característica prática e de ornamentação, sendo uma composição perfeita na idealização do seu projeto.

Dessa forma, para um quarto funcional, ambos podem ser usados em conjunto (composições muito bacanas podem ser criadas assim!), com o intuito de acomodar objetos e peças de decoração (porta-retratos, enfeites, etc.). Ainda, podem ser considerados como uma forma de destacar as paredes e transmitir mais personalidade ao espaço.

4. Araras e cabideiros

As roupas ocupam, mesmo, bastante espaço no quarto. Por isso, pensar em uma alternativa de otimização para elas é extremamente necessário. Essas, além de organizadas, precisam estar em evidência para facilitar na rotina dos futuros moradores.

Pensando nisso, uma ideia muito prática são os conhecidos cabideiros. Isso mesmo, hoje, esses objetos adquiriram formatos mais práticos e arrojados, desenhando uma boa composição no espaço. De tamanhos e design diferentes, eles podem ser colocados no chão ou pendurados nas paredes. Nesse contexto, outra ideia bastante utilizada são as araras, que possibilitam boa visibilidade e, ainda, mantém as roupas penduradas e devidamente esticadas – além de criar um clima arrojado e ousado.

5. Cabeceiras

Inovar na cabeceira da cama pode ser uma ideia interessantes para desenvolver um quarto funcional e moderno. Isso porque o mercado está repleto de alternativas diferentes, capazes de otimizar espaço e trazer mais charme ao ambiente.

Enquanto, antigamente, essa parte da cama era farta e pesada, hoje em dia ela trabalha conceitos de customização e utilidade – não há mais padrões e a própria parede pode desempenhar o papel. Aplicação de luzes, texturas e papeis de parede são excelentes para essa ideia. Ainda, as opções com prateleiras são muito práticas e podem ajudar a acomodar pequenos objetos.

6. Cortinas

As cortinas são grandes aliadas nos projetos de decoração e muito bem-vindas na composição do quarto. Elas trabalham, também, os conceitos de funcionalidade, pois têm ação utilitária e de ornamentação.

Tecidos leves e fluidos são os mais indicados, já que aliam modernidade e aconchego. Na hora de escolher o melhor modelo, não esqueça de buscar uma opção que harmonize com o restante da composição, e ajude a manter o estilo e a privacidade do ambiente para os futuros moradores.

7. Iluminação

Não tem algo que dê mais conforto a um espaço do que a iluminação. Sim, esse pequeno detalhe pode fazer toda a diferença no espaço, inclusive, quando seu imóvel receber pessoas interessadas no negócio.

Para isso, invista em luminárias que podem ser facilmente adaptadas ao ambiente – as de parede ou de teto são as mais indicadas, já que não ocupam muito espaço. Ainda, escolha modelos de fácil acesso, que podem ser alcançados da cama – por exemplo. Esse é um detalhe que costuma chamar a atenção positivamente.

8. Caixas e gaveteiros

Um quarto funcional é sinônimo de ordem e praticidade. Por isso, incluir caixas e gaveteiros na concepção do cômodo pode ser uma ideia importante. Esses itens podem estar incluídos nos próprios móveis projetados para o espaço ou, de forma individual, compondo a decoração.

No primeiro caso, indica-se a colocação de gavetas na parte inferior da cama, nos criados-mudos, nas mesas e até no guarda-roupas. As caixas podem estar dispostas dentro dos armários, sobre as prateleiras ou empilhadas de forma estratégica em algum canto do quarto. O importante é usar a criatividade e aproveitar esse recurso, também, como objeto de decoração.

Se a funcionalidade é mesmo cada vez mais essencial na idealização de projetos de interiores, agora você já sabe como adaptá-la ao seu espaço para que ele chame a atenção de futuros inquilinos ou compradores.

Coloque essas dicas em prática e crie um quarto funcional que seja um verdadeiro sinônimo de conforto e praticidade. Não perca tempo e mãos à obra! Depois, compartilhe sua experiência aqui nos comentários!

0
master
master
Posts Relacionados