Como saber se financiamento de apartamento vale a pena_

Um grande número de investidores recorre ao financiamento de apartamento para viabilizar seus investimentos imobiliários. Ao contrário do que muitos pensam, é possível obter uma ótima lucratividade dessa forma – mesmo com a necessidade de pagar juros nessa operação.

Imagine que você faça um financiamento de apartamento para receber um retorno financeiro com a sua locação. É possível abater uma boa parte das parcelas mensais do financiamento com a própria renda do aluguel. Ao final desse processo, você tem um imóvel em sua propriedade e pode vendê-lo no momento apropriado.

Entretanto, esse mesmo investimento poderia dar muito errado se esse imóvel não tivesse procura de moradores para locação e desvalorizasse ao longo dos anos. O pior cenário que um investidor pode desejar é estar pagando pelas parcelas de um financiamento de um imóvel que já perdeu o seu valor de mercado, não é?

Por essa razão, é importante saber como analisar um financiamento de apartamento para avaliar se realmente vale a pena. Descubra como colocar isso em prática a seguir.

Como funciona um financiamento de apartamento?

O financiamento de apartamento é uma operação muito simples de ser entendida. Em vez de pagar diretamente ao vendedor do imóvel pela sua compra, o comprador recorre a uma instituição financeira para que ela faça o pagamento. Dessa forma, o comprador deve pagar à instituição o valor desse apartamento – acrescido de juros e outras taxas.

Durante o pagamento do imóvel, ele já passa a ser de propriedade do comprador, entretanto, não pode ser vendido enquanto a dívida com a instituição financeira não for quitada.

Documentos necessários

Para ter acesso a um financiamento de apartamento, você precisa reunir documentos e apresentá-los na instituição financeira. Entre esses estão originais e cópias do RG e CPF, comprovantes de estado civil e de renda (holerites, extratos bancários e declaração completa de imposto de renda).

Condições do financiamento

As condições de financiamento podem variar bastante entre um banco e outro. Entre as variáveis estão o valor do imóvel, a taxa de juros, o valor de entrada, o prazo para o pagamento, entre outras: esses são os principais aspectos que você terá que analisar antes de contratar uma operação de financiamento.

Tipos de financiamento

Existem vários tipos de operações, que possuem características próprias. Os mais comuns são o financiamento com a utilização de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), com o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) ou diretamente com a construtora.

Como analisar um financiamento de apartamento para saber se vale a pena?

Mas, então, como você pode analisar se um financiamento de apartamento realmente vale a pena e tem potencial de se tornar um bom investimento? Separamos os principais fatores que devem ser avaliados para que você tome a melhor decisão:

Condições do financiamento

Como abordamos, as condições do financiamento são fundamentais no momento de analisar a viabilidade de um financiamento de apartamento. Afinal, existe uma grande diferença na rentabilidade do seu investimento quando é necessário pagar altas taxas de juros – que vão consumindo a lucratividade da aplicação.

Portanto, faça uma análise completa das condições do financiamento: valor que você terá que pagar de entrada, prazo para quitar a dívida, taxas de juros mensais e todas as outras condições definidas em contrato. Quanto mais favoráveis forem essas condições, maior é o potencial de rentabilidade do seu investimento.

Potencial de valorização do imóvel

Imagine que você faça o financiamento de um imóvel de R$300 mil, que será pago ao longo de cinco anos. Se no terceiro ano de pagamento esse imóvel estiver avaliado em R$250 mil, significa que você terá que continuar pagando por mais 2 anos uma dívida de valor superior àquele real do imóvel.

Por outro lado, o oposto poderia acontecer: na metade do financiamento, o imóvel já está valendo R$350 mil – permitindo que você possa lucrar com a sua venda ao final do pagamento da dívida.

Ambas situações envolvem um investimento imobiliário através de um financiamento de apartamento, mas os ganhos obtidos por cada uma delas são bem diferentes, não é? É preciso procurar pelos imóveis que têm grande potencial de valorização para garantir um retorno positivo.

Procura dos moradores

Se você pretende alugar o imóvel financiado, é importante se certificar de que, realmente, existem pessoas procurando por um aparamento para locação naquele bairro, não é? Quando um investidor não consegue encontrar moradores interessados na locação, fica muito difícil evitar o prejuízo na operação – afinal, é preciso arcar com as parcelas do financiamento e com a manutenção do imóvel.

Situação financeira

A sua situação financeira também é um fator determinante no momento de analisar um financiamento de apartamento. Quanto dinheiro você tem em sua reserva financeira? Quanto está disposto a pagar mensalmente pelo financiamento? Essas informações servem como um filtro no momento de escolher as melhores opções de financiamento.

Condições do mercado

As condições externas do mercado também exercem influência sobre a rentabilidade do seu investimento feito com um financiamento. Em momentos em que a economia está estável e as taxas de juros estão controladas, é possível encontrar boas oportunidades de financiamento com condições favoráveis, que podem se tornar ótimos investimentos.

Porém, em momentos de crise, tende a ser muito difícil encontrar financiamentos promissores. Com uma resistência maior das instituições financeiras em liberar crédito, as taxas de juros ficam mais altas – tornando o valor total da compra mais elevado.

Análise financeira da operação

No fim das contas, a melhor forma de analisar um financiamento de apartamento para verificar a viabilidade de um investimento é fazer os cálculos envolvendo todos os custos e receitas da operação. Calcule o montante total do financiamento, estime quanto seria possível ganhar com a locação do imóvel e considere a sua valorização nos próximos anos. Com base nisso, será possível ter uma visão mais clara sobre toda a operação.

E então, já conhecia essas dicas para analisar um financiamento de apartamento? Ficou com alguma dúvida sobre essa operação? Deixe o seu comentário e até a próxima!

0
master
master
Posts Relacionados