Como manter a organização da sala_

A sala é um dos cômodos mais importantes do imóvel, já que, normalmente, é o primeiro local com que um amigo ou familiar se depara ao fazer uma visita. Mais do que um ambiente de recreação própria, jantares ou reuniões familiares, esse é o cartão de visitas da casa, e por isso, você deve manter a organização da sala para que ela fique aconchegante e bonita.

Concorda que esse ambiente da sua casa precisa de um “up” e que buscar a organização da sala não seria má ideia, mas não sabe como começar? Acompanhe as dicas que preparamos para lhe ajudar.

8 dicas para manter a organização da sala

1. Defina bem as cores

Dentro do planejamento, um tópico que deve ser levado em consideração é sobre as cores que serão utilizadas no ambiente. Isso porque, muitas vezes, não basta que tudo esteja no seu devido lugar e limpo: é preciso que, visualmente, cada coisa tenha seu peso na decoração.

No caso das cores, uma questão a ser levantada é que, se a base do seu ambiente (paredes, tapetes e cortinas, por exemplo) for neutra, os artigos de decoração podem ser coloridos ou vice-versa.
A dica é não pesar em diversidade de cores ou estilos de decoração diferentes para um só ambiente, mas fazer com que tudo tenha harmonia para gerar um efeito organizado e sofisticado.

2. Menos é mais no mobiliário

Um dos conceitos básicos para a organização da sala é escolher corretamente quais móveis serão utilizados de acordo com o espaço que o ambiente possui. Dependendo do tamanho da sala, é interessante que, em vez do clássico sofá com três ou dois lugares, você opte por pufes ou cadeiras confortáveis, por exemplo.

O mesmo serve para mesa de centro, televisão e rack, que, por muitas vezes, ocupam espaços desnecessários, deixando o ambiente aparentemente desorganizado ou mal planejado.

É preciso ter bom senso quanto ao espaço que será ocupado e sempre pensar em deixar algumas áreas livres, para que ninguém tropece ou se depare com um empecilho na hora de se acomodar.

Pensar em como manter a organização da sala com itens compatíveis com o tamanho do local é o que vai proporcionar facilidade na hora de limpar e conforto para quem passará algum tempo no ambiente.

3. Funcionalidade de cada objeto

Levar em consideração a funcionalidade de cada objeto também é essencial para que a organização da sala se dê com maior facilidade no dia a dia, além de ajudar a poupar investimentos desnecessários.

Não somente os móveis, mas artigos de decoração ou objetos utilizados diariamente devem ser analisados com cautela. Algumas vezes, nos deparamos com móveis ou acessórios que nos convencem simplesmente por ser muito bonitos, mas é essencial entender como, e se, ele contribuirá para um ambiente organizado.

4. Uso diário de cada item

Tudo o que existe em sua sala hoje, realmente, precisa estar lá? Avalie se os objetos que você mantém são realmente necessários para a sua rotina. Talvez, você possa guardá-los em outro lugar.

Caixinhas de remédio, documentos e chaves podem ser guardados no quarto, escritório ou na cozinha, por exemplo, e liberam um espaço para o controle da televisão ou revistas.

5. As prateleiras podem ser suas melhores amigas

As prateleiras são uma ótima alternativa para desocupar o espaço nos racks ou até mesmo a mesa de jantar. Elas podem ser de vidro, acrílico, metal ou madeira, e para não comprometer a organização da sala, o ideal é que sejam parafusadas na parede.

Independentemente do material, é importante optar por uma cor mais clean e linhas retas para que a prateleira não chame muito a atenção de quem está no local.

Outro queridinho são os nichos. Bem parecidos com as prateleiras, eles dão uma sensação imediata de organização e, se escolhidos de maneira correta, podem oferecer profundidade e estilo ao ambiente.

O mais importante no caso de utilizar prateleiras ou nichos para complementar a organização da sala é que eles suportem o peso de livros, revistas, objetos de decoração ou souvenirs, e que sejam instalados um pouco acima do campo de visão habitual – assim, seus itens ganham um lugar especial, mas não poluem a apresentação do espaço.

6. Gavetas ou caixas organizadoras

Contas, fotografias ou até mesmo fios de aparelhos eletrônicos podem permanecer dentro de sua sala, mas escondidos, colocados dentro de gavetas ou caixas organizadoras.
Aqui entra a questão que vimos sobre a importância de ter móveis funcionais, pois você pode escolher racks ou prateleiras com gavetas ou espaços para as caixas.

Diferentes das prateleiras ou nichos, esses objetos não ficarão expostos dentro do cômodo, mas é importante tomar cuidado para não exagerar na quantidade de caixas ou na variedade de cores, para não poluir o ambiente e nem prejudicar a organização da sala.

7. Cestas ou bandeja – cantinho das miudezas

Brincos, relógios e moedas, por exemplo, são alguns dos pequenos objetos que acabamos por deixar em qualquer lugar na sala, o que gera uma pequena bagunça e até mesmo a perda deles com maior facilidade.

Para que o cômodo seja organizado e bonito, uma cesta de palha ou bandeja simples pode ser a solução. Ela pode ficar em cima da mesa de centro, de jantar ou até mesmo do rack, e ser reservada para concentrar esses pequenos objetos que não têm um lugar definido, mas que são importantes na rotina.

É importante que essa bandeja seja pequena para que a funcionalidade de receber pequenos objetos não se perca e ela seja utilizada como porta treco.

8. Baú como mesa de centro ou base para sofá

O baú é um objeto que combina funcionalidade com beleza e pode guardar peças como mantas e álbuns de fotografia, por exemplo. Existem baús maiores que são utilizados como base para o sofá, ou menores, para substituir a mesinha de centro.

Seja qual for o modelo escolhido, é com certeza mais um acerto para quem tem muitos objetos que precisam ser retirados da área de visão e dá um estilo único ao ambiente.

Viu como manter a organização da sala não é um bicho de sete cabeças? Tem alguma outra dica para compartilhar? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima. 

0
master
master
Posts Relacionados