9 dicas para se mudar de casa sem dores de cabeça

Mudar de casa traz uma sensação de renovação, mas também um pouco de ansiedade e tensão diante dos processos e burocracias que devem ser cuidados.

Depois de escolher a nova casa, é preciso colocar a mão na massa para levar todos os móveis, roupas e artigos para seu novo lar. Só de pensar em tantas tarefas já dá uma canseira, né? Mas, com um pouco de planejamento e organização é possível facilitar esse processo.

Pensando nisso, preparamos dicas para lhe ajudar a mudar de casa sem dores de cabeça. Acompanhe.

Como se mudar de casa sem dores de cabeça?

ANTES DA MUDANÇA

1. Planeje-se para mudar de casa com antecedência

A primeira coisa que você deve fazer é se planejar para mudar de casa. Faça um checklist com todas as tarefas que deverão ser cumpridas nos próximos dias ou semanas e ordene por prioridade. Veja um exemplo de passo a passo:

  • Pegar as chaves do imóvel;
  • Limpar sua nova casa;
  • Coletar caixas de papelão e comprar jornais e fita adesiva;
  • Contratar empresa para desmontar e embalar os móveis;
  • Empacotar os artigos menores, como louças, objetos de decoração e roupas;
  • Contratar empresa de transporte da mudança;
  • Dia da mudança;
  • Organizar a nova casa.

Essa é a hora que você fará um levantamento de tudo o que tem: móveis, roupas, objetos de cozinha, e, por isso, é um momento, também, de desapego. Veja se tem coisas que não vai mais precisar e se pode doá-las ou até mesmo fazer um bazar com amigos.

Além disso, faça um planejamento do próprio dia da mudança, com horário de início, quais caixas ou móveis devem ser levados primeiro e quantas viagens serão necessárias para não ter imprevistos na hora de mudar de casa.

2. Tire as medidas de todos os móveis

Com as chaves em mãos, você já pensou onde ficará o sofá, o escritório e a sua cama, mas definir isso apenas com a impressão visual do espaço pode ser um erro. Para evitar problemas, use uma trena para medir os seus móveis, cortinas e tapetes, por exemplo, garantindo, assim, a melhor acomodação para cada coisa.

3. Contrate uma empresa de confiança

É essencial que você contrate uma empresa de confiança para cuidar de embalar, guardar e transportar suas coisas na hora de mudar de casa.

Faça pesquisas ou peça indicações, além de realizar cotações e verificar se a empresa conta com seguro, garantindo, assim, que nenhum dos seus móveis sofrerá com arranhões, quebra de vidros ou furos em estofados, por exemplo.

Existe, também, a opção de contratar uma empresa para cuidar de todo o processo de mudança, desde a limpeza do novo imóvel até a montagem dos móveis, e, para melhor definição de fornecedor, faça uma avaliação sobre sua agenda e compromissos – se estiver sem tempo, talvez essa seja uma boa opção para você.

4. Separe os itens de uso recorrente

Antes de começar a empacotar todas as coisas da sua casa, separe os itens que você usa diariamente.

Itens de higiene matinal, roupas que você pode precisar e/ou talheres e louças para as refeições durante os dias em que a sua casa estará se transformando em um “depósito de caixas”, por exemplo, não podem ser encaixotados se você vai usá-los antes de se mudar.

É importante lembrar que, até que a mudança seja concluída, seus compromissos e rotina precisam continuar fluindo normalmente, então, planeje deixar esses objetos à vista.

5. Tome cuidado com os alimentos

Cerca de um dia antes da data oficial da sua mudança, geladeiras e refrigeradores devem ser desligados para que o transporte seja realizado sem danificá-los.

Diante disso, é essencial que você avalie quais alimentos estão congelados ou refrigerados para que haja consumo em breve, do contrário, serão transportados sem a temperatura ideal e podem estragar.

Mais: grãos, como arroz e feijão, devem ser embalados em sacos antes de embalados para que não vazem durante a locomoção.

Preste atenção, também, aos líquidos, como sucos e caixas de leite, que têm a tendência de estragar e derramar mais facilmente. O ideal é que você separe esses alimentos para que sejam consumidos antes da mudança.

DURANTE A MUDANÇA

6. Escolha um espaço para deixar as caixas

Defina um espaço em um dos cômodos para deixar todas as caixas empilhadas e, se possível, empilhe de acordo com cada cômodo, assim, na hora de fazer o transporte e acomodar as caixas na casa nova, você terá por ordem quais são de qual espaço.

7. Cuidado com os animais e crianças

Os animais de estimação demoram a se acostumar com mudanças, por isso, principalmente no dia em que você for mudar de casa, deixe seus pets de fora desse processo. O mesmo para as crianças, que ficam agitadas e correm risco de se machucar com o vai e volta entre os dois imóveis.

Peça ajuda para amigos e familiares para ficarem com seu filho ou seu pet. Se não conseguir, planeje a estadia em um hotel para que possam ficar mais confortáveis e não tão expostos às movimentações.

8. Carregue itens de valor com você

Separe uma malinha para seus artigos de valor, como joias, relógios e dinheiro.
Além disso, artigos mais pessoais e delicados, como documentos e perfumes abertos, também devem estar com você, para não correr o risco de perder durante a mudança.

DEPOIS DA MUDANÇA

9.  Comece pela cozinha e dormitórios

A cozinha é o cômodo que as pessoas mais frequentam, por isso, comece a organizar as louças, jogo de panelas e alimentos para que possa fazer suas refeições sem grandes transtornos.

Depois, passe para os dormitórios: organize os guarda-roupas e as camas para que possa ter uma boa noite de sono depois de um dia tão cansativo.

Outra questão interessante é, principalmente se for sua primeira mudança, pensar na contratação de um profissional especializado em organização para te ajudar a coordenar a arrumação em sua nova casa.

E então, preparado para mudar de casa? Depois nos conte como foi a sua mudança, combinado? Feliz casa nova!

0
master
master
Posts Relacionados